100 anos de Flamengo x Botafogo – Final do Carioca de 2007

Após dois anos de jejum de títulos cariocas e também sem sequer chegar às finais do estadual, em 2007 o Flamengo decidiria o título contra o atual campeão(2006) Botafogo. No primeiro jogo da decisão, empate em 2 a 2, deixando o título em aberto.
Assim, no dia 6 de maio de 2007 decidia-se o campeão carioca da temporada. O Botafogo buscava o bi, enquanto o Flamengo, voltar a ser campeão carioca – desde 2004 não era – e tentar embalar uma sequencia de títulos – já que meses antes havia sido campeão da Copa do Brasil pela segunda vez em sua história.
Após um primeiro tempo amarrado, porém com chances, o que realmente interessava aos dois times viria no segundo tempo. E bem cedo!
Aos 7 minutos, Leonardo Moura rouba a bola na defesa e arranca até o meio-campo. Corta a marcação e serve Renato Abreu que passava embaixo. Renato vê a subida rápida de Juan e lança-o na frente. O lateral espera o momento certo, entra na área levando a marcação consigo e só toca para Souza chegar de carrinho e abrir o placar no Maracanã.

Pena que a comemoração rubro-negra durou pouco. Aos 11, Lúcio Flávio bateu falta na direita e Juninho desviou de cabeça pra empatar pro Botafogo. E como se não bastasse, aos 15, Jorge Henrique tabela com Dodô que entra na área e toca por cima de Bruno pra virar o jogo.

O Flamengo sentiu o gol. A torcida chegou a aquietar-se no Maracanã. Tudo parecia perdido. Mas eis que surge uma nova esperança… Bruno coloca a bola em jogo para o meio-campo. A bola sobra nos pés de Renato Augusto. E do silêncio brota a euforia, a esperança, a alegria, quando o meia corta a marcação e bate de longe, de fora da área e empata o jogo.
Daí pra frente o jogo seguiria difícil, os dois times com medo de atacar e serem surpreendidos.
Aos 44 ainda viria um lance que até hoje gera polêmicas. Dodô recebe a bola sozinho, dentro da área, em posição legal e finaliza pro gol. A arbitragem erra duplamente ao marcar o impedimento e expulsar o atacante do Botafogo por ter finalizado a jogada após a marcação da infração.
Fim de jogo e decisão encaminhada para os pênaltis. E o Botafogo começara mal. Lúcio Flávio e Juninho desperdiçaram suas cobranças – Bruno começava a se consagrar defendendo pênaltis em decisões pelo Flamengo – e o Flamengo com Renato, Roni, Juan e Leonardo Moura, fecharam a série.
O Flamengo vencia por 4 a 2 nos pênaltis e sagrava-se campeão carioca pela 29ª vez em história.
Ficha Técnica:
Botafogo 2(2) x (4)2 Flamengo
Local: Maracanã, Rio de Janeiro(RJ).
Data: 06-05-2007
Árbitro: Djalma Beltrami. Auxiliares: Hilton Moutinho, Dilbert Pedrosa.
Expulsão: 44/2ºT – Dodô(Botafogo).
Gol(s): Souza(Flamengo), Juninho(Botafogo), Dodô(Botafogo), Renato Augusto(Flamengo).
Botafogo: Max; Joílson, Alex, Juninho, Luciano Almeida; Leandro Guerreiro, Túlio, Lúcio Flávio, Zé Roberto(André Lima); Jorge Henrique, Dodô. 
Técnico: Cuca.
Flamengo: Bruno; Ronaldo Angelim, Jaílton(Claiton), Irineu; Leonardo Moura, Paulinho, Juan, Renato, Renato Augusto; Roni, Souza. 

Twitter: @43Germano

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários

No Comments

Leave a Comment