A culpa nunca é nossa

 É muito fácil pela natureza do ser humano imaturo não assumir suas responsabilidades, transferir a culpa ao outro e nem mesmo reconhecer seus erros. Isso se dá pelo próprio extinto do ser humano e pela necessidade interior muitas vezes do ego. Já dizia Einstein: “Não creio, no sentido filosófico do termo, na liberdade do homem. Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior, mas também de acordo com uma necessidade interior”.

Infelizmente, de uma forma coletiva, a nossa diretoria que hoje está no Flamengo, padece desse mal. Nunca, mas nunca reconhecem o erro deles em nada que esteja sujeito a criticas por parte da imprensa e da torcida. O mais recente caso desse comportamento imaturo é com o assunto mais batido desde que essa diretoria assumiu o Flamengo, o preço dos ingressos.

A culpa nunca é do Flamengo pelo preço cobrado. A culpa é do Consórcio, é da FERJ, e da meia-entrada, é da gratuidade, da CBF, mas nunca é do Flamengo.

“O pior cego é aquele que não vê” já diz o ditado. O que tem de gente defendendo atitudes como essa da diretoria não dá para contar. Os fatos mostram que há um equívoco no que estamos vendo nos últimos tempos; Maracanã vazio e o Flamengo levando prejuízo pra casa. E mesmo assim não dão o braço a torcer justificando que não há como o Flamengo cobrar mais barato. Aí pergunto: Será bom as nossas finanças o Flamengo pagar pra jogar? Mas devemos ressaltar que o Flamengo nunca é culpado disso!

Se a culpa é do Consórcio pelo preço cobrado no Carioca, por que cobrar R$ 60,00 para jogar no Raulino de Oliveira? A culpa é da FERJ? A FERJ sugere alguns valores mínimos a serem cobrados nos jogos de pequenos com pequenos, grandes com pequenos, clássicos, e jogos das semifinais e finais. O Flamengo sempre fugiu ao bom senso na hora de precificar seus ingressos. No jogo de quarta-feira, com mando do Cabofriense, o valor do ingresso cheio mais barato era de R$ 60,00 e o Sócio Torcedor do Flamengo teve o benefício de comprar com desconto. O público foi ridículo, mas nesse caso concordo que não é só o preço do ingresso que afasta o publico do jogo, vários fatores influem também. No jogo de volta, com mando do Flamengo, simplesmente a nossa diretoria teve a brilhante ideia de cobrar R$ 80,00 o valor do ingresso mais barato. Valor maior até que o pacote para os três jogos da Libertadores. Mas justificaram que o valor cobrado é porque o Flamengo abriu guerra contra a FERJ. Putz, grande jogada, em!!!! Eu prejudico meu torcedor, o afasto do estádio, prejudico a exposição dos meus patrocinadores, mas é por uma boa causa! Façam-me o favor!!!

É sempre cada vez mais ridículo!!! Falta respeito ao torcedor e a história do Flamengo. Não é cobrar barato é cobrar aquilo que o torcedor possa pagar que seja bom para o Flamengo e para a torcida. Há de se encontrar um equilíbrio para tal! Não adianta cobrar caro e ter prejuízo só para justificar uma ação que se mostra ineficiente na sua execução, mas claro, a culpa nunca é do Flamengo!!!

O nosso marketing se mostra imaturo e mesmo que hoje podemos dizer que ao menos temos um marketing, o setor se mostra ainda que segue muito a quem do que foi prometido pelo BAP em campanha eleitoral em 2012. Espero que nossa diretoria amadureça, reconheçam seus erros, suas culpas, pois só assim crescemos e amadurecemos. O inteligente aprende com seu próprio erro, o sábio aprende com o erro dos outros e o burro erra sempre. Fica a escolha!!!

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no FacebookBlog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários