A tal mística Rubro-Negra

 A tal mística rubro-negra. Desde pequeno eu escuto que o inesperado, por aqui, não é tão inesperado assim. Basta que a Nação acredite e o universo inteiro vai conspirar a favor. O nosso passado de glórias mostra que isso é verdade. E hoje em dia, em tempos de um futebol um pouco mais chato e pragmático, ainda somos diferentes?

Recentemente vi isso em jogos como o da Copa do Brasil contra o Cruzeiro em 2013 e na arrancada que nos tirou da lanterna do Brasileirão ano passado, por exemplo. Fatos relevantes sim, já que o primeiro deu a confiança necessária para um time limitado e desacreditado buscar um título importante, e no segundo vimos um time pior ainda conseguir sair da lama e manter o clube na elite (onde qualquer um que se diz grande não pode sair jamais).

Eu admito (perdão Zico!) que depois da eliminação para o Vasco na última quarta eu falei com todas as letras que o nosso ano acabou. Mas exercendo o direito sagrado de qualquer Flamenguista de ir do inferno ao céu em 1 segundo (e vasco-versa) eu retiro o que disse.

Temos o segundo turno inteiro pela frente e começamos muito bem, derrotando São Paulo e Sport (o que não aconteceu no primeiro). Domingo vimos um time focado em buscar a vitória desde o apito inicial e que não entrou na pilha do adversário. É importante ressaltar que o Sport não perdia em casa há 30 jogos e agora estamos a 5 pontos do G4!

O elenco não merece tamanha confiança? Pode ser, mas se eu deixar de acreditar que qualquer perna de pau possa jogar feito o diabo por aqui eu troco de camisa. Comprar essa briga não custa nada. Do contrário, já posso vestir o pano do Botafogo.

Existem motivos para acreditar. E, mesmo que não sejam tantos, só preciso de um: isso aqui é Flamengo.

Sim, ainda somos diferentes.

Saudações Rubro-Negras!

Twitter: @luamCRFpb

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube: youtube.com/blogserflamengo

Comentários

No Comments

Leave a Comment