Após usar o Flamengo em campanha, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não se elege deputado

Convencido para ser o puxador de votos pelo partido Rede como candidato a Deputador Federal, o presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello não conseguiu se eleger no Rio de Janeiro.

Veja mais:

Até às 22:19, o TSE registrava 38.453 votos para Bandeira, 0,50% do total com 97,94% dos fotos apurados no Rio de Janeiro. Como consolo, o presidente do Flamengo foi o mais votado pelo partido, que não elegeu ninguém.

Bandeira responde a inquéritos internos no Flamengo pelo uso indevido do clube em sua campanha política que pode acarretar uma suspensão por 360 dias ou eliminação do quadro social.

Imagem: Reprodução/Instagram

Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários