Calma, garotada!

Ficha técnica da partida
FLAMENGO X RONDONÓPOLIS – Copa São Paulo de Futebol Júnior 2013.
1ª rodada – fase de grupos | Data: 05/01/2013|Horário: 21:00(HB)
Escalação do Flamengo: Caio; Digão, Fernando, Adan, Felipe Dias; Recife, Vitor Hugo, Rodolfo, Renan Donizete; Douglas Baggio, Rafinha. Esquema: 4-4-2 Técnico: Cléber Santos.
Escalação do Rondonópolis: Anderson; Alexandre, Felipe, Fabrício, Gean Carlos; Miguel, Henrique, Alex Bolívia; Lucas Conrrado, Michel, Charles. Esquema: 4-3-3 Técnico: Douglas Brito.
Estádio: Benedito Teixeira(São José do Rio Preto/SP)
Placar: Flamengo 0 x 0 Rondonópolis
Árbitro: Sílvio R. Silveira. Auxiliares: Fabrício P. de Moura, Leandro Alves de Souza.
Na última edição da Copa São Paulo de Juniores(2012), o Flamengo vinha como atual campeão(edição de 2011), mas decepcionou saindo ainda na fase de grupos.
Desta vez o Flamengo vem como, quem sabe, um dos favoritos mais uma vez. Só que sem poder contar com alguns de seus atletas – casos de Thomás, Mattheus e Adryan(os dois últimos estão com a seleção sub-20. Thomás trabalhando com o grupo profissional).
A estreia ocorreu esta noite contra o Rondonópolis que veio para jogar num 4-3-3 bem defensivo. O time pouco criou durante todo o jogo, mais se defendeu. O goleiro Anderson, talvez tenha sido o que mais tenha brilhado/aparecido durante todo o jogo.
Jogar contra um time retrancado é difícil, enjoado. Renan Donizete, Douglas Baggio e Rafinha são prova. Foi dos pés dos três que saíram as melhores jogadas rubro-negras durante todo o jogo.
Rafinha prendia muito a bola e era afobado na hora de tentar algo mais, dentro ou fora da área. Quase sempre saía com bola e tudo.
No quesito “toque de bola” o Flamengo foi aprovado, mas só enquanto jogava com tranquilidade. Tocava bem a bola, principalmente até poucos mais de 20 minutos do segundo tempo – quando o time começou a ficar nervoso e errar várias vezes.
No segundo tempo tivemos uma série de jogadores do Rondonópolis caindo ao chão por conta de câimbras. Salvo engano, no total foram 8 jogadores sentindo a perna e desabando. O árbitro no fim deu 4 minutos de acréscimos por conta de todas as paradas. Certamente, não só ele e os jogadores cansaram com tudo isso, mas também os maqueiros que trabalharam forte.
Anderson, goleiro do Rondonópolis também se enrolou no primeiro tempo, ao segurar a bola em suas mãos por mais de 6 segundos – jogada irregular e tiro livre indireto. No lance, o Flamengo desperdiçou com chute por cima.
O Flamengo pressionou bastante no segundo tempo, perdeu várias chances claras de gol e sai da primeira rodada com apenas 1 ponto na bagagem.
Próximo confronto do Flamengo será na terça-feira (8) diante do Santos-AP, às 20h (HB) também no Estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto.
O América-SP lidera o Grupo E com 3 pontos; o Flamengo com o empate ocupa a segunda colocação.
Twitter: @43Germano
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários

No Comments

Leave a Comment