Contrato de Ronaldinho: Prejuízo profundo ao Flamengo


Na semana passada fiquei estarrecido com a reportagem feita pelo Uol Esportes. A reportagem fala do contrato de Ronaldinho que sempre foi guardado a sete chaves no Clube e divulga clausulas lesivas ao Clube. Aí o motivo de nunca mostrarem os documentos. Lembro-me de que quando entrevistei o candidato a presidente, Lysias Itapicurú, o mesmo mostrou na entrevista um documento que pedia uma cópia do contrato do Clube com o jogador. Ronaldinho já havia sido do Flamengo na época. A cópia do contrato não foi entregue até hoje. Com a revelação do Uol sabemos o porque.

Um novo contrato foi feito quando a Traffic deixou a parceria com o Clube. Neste novo contrato, o Flamengo se comprometia com aumentos que não tinham no contrato com a Traffic. Além dos R$ 750 mil que o Flamengo pagaria pelos direitos de imagem do jogador, o Clube se comprometia em pagar um valor adicional de R$ 2,5 milhões anuais divididos em cinco parcelas fora uma espécie de 13º salário que ocorreria em dezembro sendo pago dobrado o valor dos direitos de imagem. Isso não havia no contrato anterior. Consta também que o Flamengo deveria pagar o valor referente a dezembro de 2011. Nada disso havia no contrato anterior. Com esses valores, o Flamengo dava um aumento de R$ 3 milhões no contrato.

Patrícia assumiu toda divida da Traffic com Ronaldinho num total de R$ 6 milhões sendo R$ 3,75 milhões de salários mais R$ 2,5 milhões que a Traffic devia ter pagado em 2011. Somando todos os valores negociados, Ronaldinho teria a receber do Flamengo até o inicio de 2015 um total de R$ 43, 750 milhões fora os R$ 250 mil mensais que consta no documento. Somando tudo, Patrícia se comprometeu a pagar R$ 50 milhões em três anos para Ronaldinho.

Outra cláusula que chama atenção é a multa por atraso de pagamentos e de perdas e danos de R$ 5 milhões que não havia no contrato com a Traffic. No contrato firmado com a empresa, havia uma clausula por descumprimento do acordo que era de R$ 3 milhões.

As desvantagens do Flamengo neste contrato vão além só do financeiro. O Flamengo mesmo com o direito de explorar os direitos de imagem de Ronaldinho, poderia pagar um cachê ao jogador para fazer aparições em eventos dos parceiros do Clube e ficando a critério dele em estabelecer valores. O Flamengo pagaria quase R$ 1 milhão por mês pelos direitos de imagens do jogador e ainda teria que ter uma autorização dele que podia quando quisesse se recusar a participar de possíveis eventos.

A lambança da atual diretoria não para por aí. O Flamengo se comprometia a pagar a Ronaldinho comissões bem acima dos valores de mercado. A atual diretoria dava a Ronaldinho 20% de comissão sobre os contratos de patrocínios que estariam relacionados à imagem de Ronaldinho. O mercado costuma pagar de 5 a 15% pela intermediação de contratos e geralmente quem paga é o patrocinador. Isso com o Flamengo já pagando pelos seus direitos de imagem.

Há também benefícios dados a Traffic no direito de exploração do programa sócio-torcedor que Clube nenhum costuma fazer. No acordo feito, a Traffic ficaria com 20% do valor bruto da renda até 2014 e mais 20% do valor liquido. Esse valor só cairia quando Ronaldinho deixasse o Flamengo que ficaria num percentual de 15%. A Traffic ainda teria direito de explorar o programa por mais cinco anos após o contrato de Ronaldinho que terminaria em 2014 começando a contar de 2011, ou seja, a Traffic ficaria até 2019 explorando o programa de sócio-torcedor.

Nada deu certo, todos os contratos fora desfeitos, mas Ronaldinho pode receber na justiça R$ 40 milhões do Flamengo. Ninguém falou sobre o que foi divulgado sobre o contrato e me vem às perguntas: Por que um contrato de um montante exorbitante não passou pelo conselho? Por que o contrato foi mantido em segredo no Clube? Quem mais além de Ronaldinho se beneficiava do contrato? Por que uma presidente que diz amar o Clube assinou um contrato cheio de clausulas que lesavam ao Clube? É realmente essa mulher a ser a presidente ideal para mais três anos?

Twitter: @PoetaTulio
Sigam-nos no Twitter: @Blogserflamengo
Curta a nossa Fanpage: Blog Ser Flamengo
Comentários