Coritiba 2 x 0 Flamengo – Campeonato Brasileiro 2011

Numa tarde de futebol tímido e triste e de mais um erro de Sr. Luxemburgo, Flamengo perde para o Coritiba, no Couto Pereira, vê seus adversários vencerem e subirem na tabela.

Flamengo veio num 4-4-2 com: Felipe; Léo Moura, David Braz, Angelim, Júnior César; Aírton, Renato Abreu, Thomás, Thiago Neves; Ronaldinho, Deivid.

Coritiba veio num 4-4-2 com: Vanderlei; Maranhão, Jéci, Emerson, Lucas Mendes; Willian, Léo Gago, David, Rafinha; Marcos Aurélio, Leonardo.


Estatísticas da Partida:

Gol(s): Leonardo, Maranhão. (Coritiba)

Cartões Amarelos: Lucas Mendes, Everton Costa. (Coritiba) Felipe, Renato, Ronaldo Angelim. (Flamengo)

Arbitragem: Jailson Macedo Freitas.

Análise do Germano:

Como eu havia lido no blog FlaManolos antes do jogo, realmente aconteceu. O sistema ofensivo do Coritiba formado por Davi, Marcos Aurélio e Rafinha, levou a melhor sobre o Flamengo nos primeiros minutos.

Ronaldinho se mostrava sumido pro jogo, até então. Thomás só aparecia quando escorregava ao tentar dominar uma bola. Numa dessas escorregadas de Thomás, o Coritiba armou o contra-ataque, Marcos Aurélio chutou perto da trave.

No próximo lance, o mesmo jogador chutou e Felipe espalmou.

Na cobrança do escanteio, mais uma falha da zaga rubro-negra. Emerson desvia no primeiro pau e Leonardo completa. 1 a 0 Coritiba.

Aos 35, outra falha. Mas dessa vez, foi mais preciosismo do contra-ataque do Coritiba (pra não falar hagada como falei no twitter).

Maranhão rouba bola de Ronaldinho no meio, Renato ‘deu um Oi pro cara’ e o deixou passar. Maranhão chuta de longe, a bola desvia em David Braz e entra. 2 a 0 Coritiba.

Aos 37, pênalti não marcado em R10. (novidade né? –‘)

Fim de primeiro tempo, almas pro vestiário.

Na volta pro segundo tempo, Luxa mexe. Tira Aírton e coloca Fierro.

A primeira chance do Flamengo na segunda etapa, foi com Ronaldinho, batendo falta pra fora.

Aos 10, Thiago Neves cobra escanteio. David Braz desvia no primeiro pau e Ronaldinho completa no segundo. Só que sem o sucesso esperado.

Lance seguinte, Rafinha entra na área e só não marcou porque Felipe espalmou.

O Coritiba dominava, mandava no jogo. Enquanto o Flamengo tentava mas, nada conseguia.

Deivid aos 38 tenta chutar colocado, mas erra. Aos 47, no apagar das luzes, Ronaldinho cobra bem a falta, mas a bola vai fora. E ficou nisso mesmo, Coritiba 2 x 0 Flamengo.

Nação, sei que perdemos, jogamos muito mal, Luxemburgo errou, mas a esperança tem que continuar a mesma. Muitos dizem: “Ah, se duvidar, nem Libertadores a gente pega.” É dessas pessoas que quero distância. E outros como o nosso querido Luã Milanês, falam: “A matemática diz que ainda é possível. Mas eu vou pelo meu coração, que faz o Flamengo superar até o impossível.” É exatamente esse que tem que ser nosso pensamento de agora até o fim do campeonato. Porra, faltam 4 jogos apenas. 12 pontos. Será que tu não confia que teu time pode vencer todas e ser campeão, contando com tropeços dos rivais? Você eu não sei, mas eu sei que quinta-feira – se eu morasse no Rj – enfrentaria sol e chuva e iria apoiar o time, do 1º ao último minuto de jogo. Porque é disso que o time precisa pra conseguir o que quer, a nossa união. União da torcida com o time. Ou vocês modinhas acham que a gente fez esse movimento do Unidos Pelo Flamengo, da boca pra fora? Sem a menor chance. Enfim, mais um desabafo meu foi feito e espero que surta algum efeito, mesmo que seja mínimo. Pra terminar, só mais um apelo: Nação do Rio de Janeiro, pelo amor de Deus, lotem aquela bagaça chamada Engenhão na próxima quinta-feira. Vamos mostrar que nós somos capazes, mesmo quando ninguém mais acredita na gente. Flamengo precisa disso. Nós queremos e precisamos. Obrigado e até lá.

SRN

Gols da partida:

Twitter: @Germano_CRF

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários

No Comments

Leave a Comment