Desistir jamais.

Podemos assim dizer que o Flamengo passou no teste psicológico pós-eliminação na Copa do Brasil. Para além de vencer o Sport na Arena Pernambuco, o time de Oswaldo de Oliveira tinha a missão de mostrar que o revés da quarta-feira que passou, realmente passou.

Sem Guerrero, lesionado no jogo ante o Vasco, Kayke jogou como titular pela primeira vez e não foi omisso de certa forma. Teve poucas chances, é verdade, mas mostrou que quer contribuir nessa nova volta ao clube – Kayke é cria do Flamengo.

Estando sem Guerrero, o Flamengo tinha a missão de encontrar sua vitória com as condições as quais o time fora submetido. O que não foi tão difícil assim, já que foi um jogo em que o rubro-negro criou demais. Como aos 4 minutos de jogo, quando Canteros inverteu a jogada até Pará na direita. O lateral pôs a bola ao chão e esperou Éverton se desmarcar. Bola erguida na pequena área, e o ponta que não tem tanta intimidade com a bola aos pés na cara do gol, teve competência pra marcar de cabeça e abrir o placar na Arena em Pernambuco.

O gol saía cedo, quando o Flamengo já dominava um pouco a partida, mas ainda não havia sido incisivo no ataque. O que fez muito bem ao time, já que logo aos 15 minutos, Matheus Ferraz acertou a trave de Paulo Victor em cabeçada. O Sport chegava e ensaiou uma pressão, mas não contava com a expulsão de Samuel Xavier, que em dividida com Alan Patrick, ergueu a sola da chuteira no joelho do meia e recebeu o vermelho direto.

Com a expulsão precoce, os pernambucanos perderam um lateral e abriram caminho para várias investidas do Flamengo em todo o resto do jogo. Kayke chegou a ter duas chances de ampliar o placar, uma delas em impedimento.

No retorno ao segundo tempo, o Flamengo sem mudanças e o Sport com duas: Hernane saiu para a entrada de André, enquanto Diego Souza deu lugar a Élber. Sem a presença de área de Hernane e a mente pensante de Diego Souza, o Sport perdia seu suporte para ter alguma força e seguir pressionando o Flamengo em busca do empate.

Aos 10, Kayke recebia amarelo e dois minutos após, dava lugar a Marcelo Cirino, que foi jogar na ponta direita e não apareceu no jogo.

Emerson Sheik ainda perderia um gol antes de sair aos 30 por cartão amarelo. Certamente Oswaldo não quis arriscar mantê-lo pendurado em campo e arriscar um “gancho” para as rodadas seguintes. Paulinho entrou em seu lugar e foi atuar onde mais sabe jogar, na ponta esquerda. Teve poucos minutos e consequentemente poucas chances de mostrar alguma coisa. Mas nota-se empenho em recuperar a boa forma que um dia o consagrou no clube.

Luiz Antônio entrou no lugar de Éverton aos 43 e colaborou para tornar realidade a segunda vitória seguida do Flamengo, pós-vexame no Allianz Parque contra o Palmeiras, quando perdeu de virada por 4 a 2.

As ausências de Ederson e Guerrero foram superadas, o time vence mais uma no campeonato, mais uma fora de casa e volta a olhar a parte de cima da tabela como deve ser. Um segundo turno que começa ótimo para o Flamengo, com um técnico novo e o aprendizado que deve ficar após a queda do meio da semana. O Flamengo pode tropeçar, vai tropeçar, porque faz parte da vida e do futebol. O que não pode é desistir, jamais.

Ficha técnica

Sport 0 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro, 21ª rodada

Local: Estádio Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata, Pernambuco

Data: 30 de agosto de 2015 (domingo)

Árbitro: Braulio Silva Machado

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Carlos Berkenbrock

Cartões amarelos: Diego Souza(Sport); Pará, César Martins, Canteros, Emerson e Kayke(Flamengo)

Cartão vermelho: Samuel Xavier

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier; Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Maikon Leite, Marlone e Diego Souza; Hernane. Técnico: Eduardo Baptista.

Flamengo: `Paulo Victor; Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros, Alan Patrick e Éverton; Emerson e Kayke. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Twitter: @43Germano

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube: youtube.com/blogserflamengo

Comentários