É a Libertadores 2012, rapá!!!!

Na segunda-feira não me contive e fui correndo comprar o meu ingresso. Continuava confiante no título e nem me importava com o que diziam os matemáticos sobre nossas chances de título. Diferente do renato, eu confio na Mística do Manto, pois se tratando de Flamengo, o impossível é uma palavra nula. Resumindo: deixei tudo preparado para ver um grande jogo do Flamengo.
Passei a semana ansioso por essa rodada. O tropeço de alguns rivais me deixou bem animado e com grande esperança. Na quarta-feira fiz algo raro, que foi ver o jogo do Vasco. Na quinta-feira, acordei de manhã bem cedo, comprei os jornais e fiquei louco para que chegasse a hora do jogo. Às dezoito horas saí de casa com o meu Manto Sagrado e parti para a aventura que é ir para o Engenhão. Trem lotado, dificuldade no acesso ao estádio e quando entrei, o jogo já havia começado. Mas tudo vale a pena pelo Flamengo.

Se fosse pela Magnética, o Flamengo iria vencer de goleada! O Setor Leste do Engenhão estava completamente lotado e não faltou apoio aos jogadores. Como dá show a nossa torcida! Que orgulho tenho de fazer parte dela! Sei que a maioria ali também passou pelas dificuldades que passei, mas o amor pelo Flamengo passa por cima disso tudo! Falta é o time saber disso!!!

O começo do jogo ao meu ver, estava meio truncado; com os dois times se respeitando e cautelosos demais. Confesso que em alguns momentos, o meu Flamengo parecia se manifestar, mas o tempo foi passando, passando e nada do meu Flamengo se impor. Falando do juíz, ele errava muito para os dois lados e no fim do primeiro tempo, a torcida vaiou a pífia atuação de nossos jogadores. Não tiro a razão.

O segundo tempo parecia o espelho do primeiro, mas aí o Flamengo foi murchando, murchando e deixando o Figueirense jogar. Parecia que estavámos jogando fora de casa. Em um dado momento, o Figueirense passou a jogar nos contra-ataques e em um deles, Paulo Victor foi obrigado a sair nos pés do atacante e o juíz deu penalti. Paulo Victor defende, a torcida inflama e até o próprio time parecia energizado, mas não passou de ilusão. Luxa ainda colocou os Thomás e o Muralha nos lugares de Airton e Renato que saiu muito vaiado pela fraca atuação e por todas as bobagens que vem falando. Mesmo com as alterações, o Flamengo pouco mudou e o Figueirense já se contentava com o empate.

Ronaldinho precisa receber o seu dinheiro. O dentuço talvez, tenha feito a sua pior partida pelo Flamengo. Errou quase tudo que tentou, foi uma completa nulidade. Um pouquinho melhor foi o Thiago Neves, mas muito abaixo do que pode render. O mesmo vale para o restante da equipe. Por incrível que pareça, o jogador mais ousado foi o nosso zagueiro Alex Silva, que além de muito bem na defesa, se arriscou algumas vezes ao ataque e com qualidade.

O jogo acabou com o placar em branco e a torcida chamando o time de sem vergonha. A partir de agora, a vaga para a Libertadores é obrigação! Como vem repetindo o Luxemburgo e a Patrícia Amorim, o planejamento desse ano foi todo pautado em cima dessa vaga e não no título, então, conquistar essa vaga é o mínimo que a equipe pode fazer pela torcida. Para o próximo ano, fica o bom conselho do Renato: só investir não adianta. O Renato está certo, só investir não adianta, principalmente quando o seu investimento não rende o esperado! Agora é pensar na Libertadores-12!!

PS1: Deixo bem claro que se no ano que vem, se nós disputarmos a Libertadores e o Brasileiro com o Renato e o Léo Moura como titulares, não vamos muito longe em nenhum dos torneios. Agradeço aos dois pelos serviços prestados, mas chega uma hora em que a razão deve prevalecer. Os dois estão um nível abaixo do futebol profissional e se quiserem encerrar a carreira no Flamengo, que seja na reserva. Uma hora a idade pesa! Vide o Angelim!!!

SRN!!!!

Tulio Rodrigues.
Twitter: @poetatulio
Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários

No Comments

Leave a Comment