É hora de apoiar (Transformando o grito em gol)

Começamos o ano e a diretoria passava por uma enorme pressão por reforços e a volta de boas campanhas, já que no ano anterior havíamos perdido o Carioca, Libertadores e quase fomos rebaixados do Brasileiro.
Numa sacada de gênio, a diretoria contrata Ronaldinho Gaúcho, após uma disputa com Palmeiras e Grêmio que se arrastou por dias, e logo após o Thiago Neves.
Começa o Campeonato Carioca, o time faz seus jogos como se fossem treinos, vencendo os jogos sempre na conta do chá e consegue um início de ano sem derrotas, o melhor de sua história.
O Flamengo só foi perder no dia 05 de maio pela Copa do Brasil para o Ceará no Engenhão. O time manteve o pique, foi campeão Carioca invicto e inicia bem o Campeonato Brasileiro. Após algumas rodadas, o time voltou a oscilar com muitos empates, a qualidade do time é contestada e Ronaldinho Gaúcho ainda não havia mostrado a que veio e até as suas baladas foram vigiadas com o Disque-Dentuço, o que levou a diretoria a se manifestar e conversar com o irmão do R10, Assis.
Passado o turbilhão, o cara assumiu o posto para qual foi contratado; o de craque e líder. O Flamengo voltou a vencer sempre contando com as boas atuações do Gaúcho fossem com gols ou com passes. O Flamengo venceu: Atlético-MG, América-MG, São Paulo, Fluminense, o belíssimo e histórico jogo contra o Santos dentro da Vila Belmiro por 5 x 4, vieram Grêmio, Cruzeiro e Coritiba. O Flamengo se mostrava um time equilibrado que quando a sua defesa não correspondia, contava com um ataque avassalador.
Eis que começa em paralelo ao Brasileiro, a descrente Copa Sulamericana, aumentando o desgaste com viagens e jogos pelo Brasil e por outros países. 
Chego a conclusão que o time esteja um pouco desgastado, apesar de comprovar o belíssimo trabalho da preparação fisíca do elenco. Se não me engano, o primeiro a desfalcar o time por lesão muscular, foi o Thiago Neves. Com tantos jogos os problemas fisícos são inevitáveis, bem como os desfalques. Não tem jeito!
É normal o time sentir isso dentro de campo. Me fale, qual foi o último jogo que Luxemburgo não teve problemas para escalar a equipe? Isso é justificativa? Desculpa pelo baixo rendimento da equipe nos últimos jogos? Não! São problemas que prejudicam qualquer equipe a manter uma regularidade num campeonato como o Brasileirão. Outras equipes que estão na ponta da tabela, também já passaram por isso.
O jogo contra o Avaí deixa claro que precisamos de um pouco mais de bola e a camisa não vai vencer os jogos sozinha. Alguns jogadores estão muito mal, não correspondendo. Domingo temos o Bahia em casa e temos que vencer se quisermos nos manter no bolo que briga pela tação. E sem Ronaldinho.
É hora de por o Manto Sagrado, a Bandeira na mão e tomar coragem para enfrentar aqueles problemas de sempre para ir ao Vazião (a Kitnet de Engenho de Dentro). A equipe está precisando de nós, a torcida, o 12º jogador que empurra com o grito e com o canto. Bem ou mal, não podemos deixá-los na mão nesse momento. Só nós podemos ajudá-los a vencer o invencível, transformar o grito em gol, ultrapassar barreiras… E até mesmo vencer o impossível… Istou concerteza, eles não podem fazer sozinhos.
É HORA DE APOIAR!

MUSA DO BRASILEIRÃO (VOTE NA MUSA DO MENGÃO)

Luana Barreto 

 

PARA VOTAR

Marília Bonatto

 

 

   

 

 

 

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários