Entrevista com Sebastião Pedrazzi – Candidato a presidente do Conselho Fiscal

 Sebastião Pedrazzi é candidato a presidente do Conselho Fiscal pela Chapa Lilás e uma das suas bandeiras é a competência dos membros da sua chapa para prestar serviço ao Flamengo caso seja eleito. Abaixo a entrevista com o candidato.

Saiba mais:

Tulio Rodrigues – Por que você acha que deve ser eleito presidente do Conselho Fiscal para o próximo triênio?

Sebastião Pedrazzi – Porque considero que a equipe a qual estou liderando, tem amplas condições de prestar serviços ao Flamengo com transparência e independência

Tulio Rodrigues – Pedrazzi, sua chapa é de oposição ou de situação?

Sebastião Pedrazzi  – No meu ponto de vista a Chapa do Conselho Fiscal não deve ser nem da situação nem oposição, pois é um órgão eminente técnico para examinar as Contas da administração do Flamengo, bem como acompanhar a execução orçamentária, informando tanto ao Conselho Diretor, bem como ao Conselho de Administração e Deliberativo de qualquer desvio ocorrido.

Tulio Rodrigues – O que o motivou a estar encabeçando a Chapa Lilás?

Sebastião Pedrazzi  – O que me motivou foram os associados que estavam compondo a Chapa, suas independências, transparência e capacidade profissional.

Tulio Rodrigues – Caso eleito, como o Conselho Fiscal vai contribuir nos próximo triênio para a gestão do Flamengo?

Sebastião Pedrazzi  – Não compete ao Conselho Fiscal contribuir para gestão do próximo triênio do Clube, mas sim ao Corpo Associativo e seus Conselhos de Administração e Deliberativo que são órgãos políticos.

Tulio Rodrigues – Qual avaliação você faz da atuação técnica do atual Conselho Fiscal?

Sebastião Pedrazzi  – Não me compete avaliar o atual Conselho Fiscal, mas é composto de pessoas sérias e competentes.

Tulio Rodrigues – Qual a sua avaliação das chapas concorrentes, a Chapa Azul de Mário Esteves e a Chapa Branca de Francisco Gularte?

Sebastião Pedrazzi  – Esta avaliação também não me compete, mas sim aos membros do Conselho Deliberativo que irão votar.

Tulio Rodrigues – Uma das atribuições para ser candidato ao Conselho Fiscal é o conhecimento de finanças e contabilidade, logo podemos dizer que as demais chapas cumprem esses requisitos. Em caso de vitória de vocês, há a intenção ou possibilidade de trazer esses Conselheiros para contribuir com sua a gestão?

Sebastião Pedrazzi  – Sempre foi minha filosofia de convidar qualquer associado que tenha condições de contribuir com Conselho Fiscal, seja ele pertencente ou não as Chapas concorrentes.

Tulio Rodrigues – Em caso de derrota, você e sua chapa se colocarão a disposição para ajudar a Chapa vencedora?

Sebastião Pedrazzi  – Sempre estive a disposição do Flamengo para contribuir com qualquer trabalho que me for solicitado, pois por diversas oportunidades participei de comissões  de finanças e obras, sem pertencer ao Conselho que me confiou.

Tulio Rodrigues – Pedrazzi, sou Conselheiro do Clube e gostaria de saber os motivos que eu e os outros Conselheiros deveriam votar na sua chapa?

Sebastião Pedrazzi  – Isto só você e os Conselheiros poderão julgar

Tulio Rodrigues – Deixe um recado para a Nação Rubro-Negra e para os Sócios do Clube

Sebastião Pedrazzi  – Na hora de votar não pense se a chapa é da situação ou de oposição, mas sim se seus componentes tem condições de exercer o cargo para o qual estão se candidatando com independência, transparência e competência.

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube: youtube.com/blogserflamengo

Comentários