Falta pouco, Flamengo

A 33ª rodada, para o Flamengo, se foi. E com ela, apenas mais um ponto. Talvez a sequencia tenha pesado, talvez os desfalques tenham sido determinantes, talvez o time não tenha entrado com aquele gás que precisava. São muitos ‘talvez’ e uma certeza: o Flamengo – não devia ainda, mas – tirou o pé do Campeonato Brasileiro. Nele, anda a passos lentos, enquanto que na Copa do Brasil voa como um jato, porque sabe que é o único lugar que pode conseguir alguma coisa para 2014.
O time que Jayme mandou hoje a campo tinha: Paulo Victor; Digão, González, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antônio, Adryan, Gabriel e Paulinho; Hernane. Léo Moura, Chicão, Carlos Eduardo e Elias poupados devido a maratona de jogos que foi a semifinal da Copa do Brasil, junto ao jogo contra a Portuguesa, no Ceará, em que Jayme mandou força máxima.
O time não decepcionou, a torcida anda soltando flores a suspiros para com o time, um digno caso de amor, que jamais deveria ser quebrado, e que às vezes, é.
O jogo fluía lentamente, mas bem no primeiro tempo. Com destaque para o entrosamento adquirido entre André Santos e Paulinho. O que o lateral não consegue, não ‘tem’, o atacante mostra de sobra. André é lento mas habilidoso; Paulinho é rápido porém grosso. Ele se vale da desenvoltura que mostra nas jogadas, quando consegue, por exemplo, livrar-se bem de um adversário na corrida – coisa que André Santos mostra com a técnica e vasco-versa.
O gol de Hernane veio no segundo tempo. Bem no início, em jogada de Adryan, que serviu Paulinho, que viu o Broca D’or entrando livre e batendo no canto direito de Renan e abrindo o placar. O último jogo que passou em branco foi contra o Goiás, na ida da semifinal em Goiás, com vitória do Flamengo por 2 a 1.
Aos 17, o Goiás já com um a menos, devido a expulsão de Hugo no primeiro tempo(não citada e peço desculpas), foi pra cima e numa falta conseguiu o empate. William Matheus cruzou e Rodrigo cabeceou para o gol.
O Goiás tinha a chance de, nesse jogo, conseguir uma vitória e manter-se na briga pela vaga na Libertadores via Campeonato Brasileiro. Porém, desperdiçou momentaneamente. Ainda não conta com Walter, o que dificulta bastante.
Para o Flamengo o que interessa de fato é o título da Copa do Brasil. Onde vem bem, fazendo uma campanha sólida e segura e… não acho favorito ante o Atlético-PR. Merece o título se vier, mas por sua vez o Atlético não é azarão.
Até a primeira final da Copa do Brasil, dia 20, teremos o São Paulo, fora de casa, não sendo no Morumbi, mas que não deixa de ser muito difícil. E logo após, o Grêmio, em sua Arena, no Rio Grande do Sul. Os 45 pontos protocolares foram alcançados, mas, até para a confiança não chegar abalada para essa decisão, que o time jogue bem e se esforce em campo. Falta pouco, Flamengo!

Twitter: @43Germano

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários