Fla não vai abrir ação contra Kleber Leite

A reunião do Conselho Deliberativo na noite de terça-feira (11) foi agitada na sede da Gávea. Em discussão, duas pautas que poderiam punir financeiramente e internamente o ex-presidente Kleber Leite por causa do imbróglio com o Grupo Multiplan, do Consórcio Plaza que levou o Flamengo a pagar um acordo no valor de R$ 61,5 milhões.

Antes das pautas envolvendo Kleber Leite, o Conselho Deliberativo aprovou o terceiro uniforme para a temporada de 2018. A cor predominantemente azul causou certa polêmica, mas o lançamento faz parte da homenagem das primeiras cores do clube: amarelo e azul. Esse ano, o terceiro uniforme será amarelo.

Foi aprovado a mudança no layout das marcas da Carabao nas mangas do uniforme de futebol. Além do nome da marca, haverá também o touro, símbolo da Carabao e o tamanho também terá modificação e ficará um pouco maior. A aplicação será no mesmo molde atual. Uma aplicação na frente e outra nas costas das mangas.

Kleber Leite em pauta

Como noticiamos (Deliberativo do Flamengo pode punir Kleber Leite hoje), o CoDe iria votar duas pautas sobre Kleber Leite que poderiam punir o ex-presidente. A primeira pauta era para ratificar ou não a decisão do plenário da reunião de 16 de abril do ano passado, no sentido do Flamengo ajuizar ação regressiva em decorrência do prejuízo sofrido com o “Consórcio Plaza”. A outra pauta era aprovar ou não o parecer da Comissão Provisória de Sindicância acerca do encaminhamento interno da questão envolvendo o prejuízo sofrido pelo Flamengo no mesmo caso.

Após ampla discussão, decidiu-se votar as duas pautas juntas. Colocado em votação, o Conselho aprovou pela não abertura de uma ação na justiça pedindo ressarcimento do prejuízo com o Consórcio Plaza a Kleber Leite para a primeira pauta. A segunda pauta: O parecer da Comissão Provisória de Sindicância foi aprovado e agora o caso segue internamente, encaminhado para ser discutido no Conselho de Administração, com abertura de inquérito com base no Artigo 48. do Estatuto que pode punir com suspensão e eliminação do quadro social. Se Kleber for responsabilizado no CoAd, deverá ressarcir o clube. O artigo dá brecha para recorrer a justiça.

Bastidores

Presenças ilustres

A ex-presidente Patrícia Amorim e o Conselheiro Jorge Rodrigues estiveram na reunião. Os dois não são frequentadores assíduos do CoDe.

“Não é um julgamento”

Walter D’Agostino e Michel Assef pediram o adiamento da sessão alegando que Kleber Leite não teve direito a defesa. Além de serem vaiados pelo plenário, foram alertados pelo presidente do Conselho Deliberativo, Rodrigo Dunshee que a sessão não era um julgamento.

“Essa história acabou com a minha vida”

Essa foi uma das frases usadas por Kleber Leite quando fez uso da palavra em sua defesa. O ex-presidente usou argumentos que já são de conhecimento público (Ele já falou do caso em seu blog e em uma entrevista aqui para o Blog Ser Flamengo: Clique aqui para assistir)

Jurídico contra abertura do processo

O Vice-Presidente Jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, pediu a plenária que votasse contra a abertura de um processo, opinião, inclusive do Conselho Diretor. Segundo o VP, haveria o risco de perder a ação e por isso, ter prejuízos com advogados que poderiam alcançar a casa de R$ 12 milhões, 20% do valor da ação paga pelo Fla. O parecer da Comissão Jurídica do CoDe também foi contra a abertura do processo.

“Não vou passar a mão”

O Desembargador Ciro Darlan, disse ser agradecido a Kleber Leite por hoje ser emérito do clube, mas que não poderia passar a mão em sua cabeça e disparou: “Enquanto vemos as autoridades brasileiras punindo péssimos políticos, o Flamengo passa a mão na cabeça de ex dirigente”.

“Consórcio Pizza”

Essa foi a definição usada por um antigo e influente conselheiro. Segundo ele, que era a favor da abertura de um processo contra Kleber Leite, a reunião terminou em pizza e que o Conselho de Administração não vai punir de forma alguma o ex-presidente e que tudo se resumiu num “Consórcio Pizza”, em alusão ao nome do caso conhecido como “Consórcio Plaza”.

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários