Flamengo 0 x 0 Olaria – Campeonato Carioca 2012

O Flamengo foi a campo com um time recheado de garotos. Adryan, Thomás e Lucas foram titulares no setor ofensivo da equipe rubro-negra, que teve Jaime de Almeida como técnico. Os volantes Maldonado e Airton, além do zagueiro Gustavo e o goleiro Paulo Victor foram os mais experientes da equipe. No lado do Olaria, Pedrinho, ex-Vasco, foi o destaque apesar dos 34 anos de idade.

A partida começou justamente com Pedrinho aparecendo. O camisa 10 do Olaria sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou, mas a bola bateu na barreira e foi para fora. A partir daí, o primeiro tempo passou a ser dominado pela garotada do Flamengo. Embora o time tenha encontrado dificuldade para chegar à área do Olaria, assustou com chutes de fora e cobranças de falta.

Adryan e Lucas levaram perigo ao gol de Wanderson em faltas batidas da entrada da área. As bolas saíram por muito pouco. Em chutes de fora, Maldonado e Lorran também estiveram perto de abrir o marcador.

Fim de primeiro tempo. Almas pro vestiário.

No segundo tempo, o Flamengo deu a impressão de que seguiria dando as cartas. No primeiro lance de perigo, Lorran recebeu em boa condição dentro da área, mas bateu fraco, em cima da marcação.

A partir daí, o Olaria cresceu no jogo e criou chances de gol em série. Araruama, com chute de fora da área, acertou a rede, mas pelo lado de fora. Depois, Pedrinho foi fazer um cruzamento e acertou o travessão de Paulo Victor. Aos 20, foi a vez de Allan carimbar a moldura rubro-negra. O atacante bateu falta com estilo, Paulo Victor não achou nada e a bola explodiu no travessão.

O tempo técnico, logo depois, foi um alívio para o Flamengo. O técnico Jaime de Almeida promoveu duas substituições: Vitor Hugo tomou a vaga de Maldonado, que nitidamente estava cansado, enquanto Yguinho entrou no lugar de Adryan. O panorama após a retomada da partida, entretanto, não mudou muito. O Olaria voltou a assustar, desta vez com Araruama, que fez fila na defesa do Flamengo, mas finalizou em cima de Paulo Victor.

Aos 32, foi a campo pela primeira vez num jogo oficial do time principal o atacante Matheus, filho de Bebeto. Ele entrou na vaga de Lucas. Com a camisa 17, fez uma cobrança de falta em centro para a área que levou perigo, na boca do gol, mas ninguém conseguiu empurrar para a rede.

No mais, os últimos minutos foram de muita correria e poucas chances. O Flamengo ainda assustou em duas cobranças de escanteio, que acabaram em finalizações perigosas, mas o placar foi mesmo 0 a 0.

E foi isso, nação. Domingo tem mais. Contra o Botafogo. Obrigado e até lá.

SRN

Twitter: @43germano

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo 

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários