Flamengo 1 x 1 Santos – Campeonato Brasileiro 2011

Jogo polêmico e aquela certeza no ar: Ainda restam 21 pontos a serem disputados.

Flamengo veio num 4-3-3 com: Felipe; Léo Moura, Welinton, Alex Silva, Júnior César; Maldonado, Willians, Renato Abreu; Negueba, Deivid, Jael.

Santos veio num 4-3-3 com: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Bruno Rodrigo, Durval; Adriano, Arouca, Henrique; Alan Kardec, Neymar, Rentería.

Estatísticas da Partida:

Gol(s): Neymar. (Santos) Deivid. (Flamengo)

Cartões Amarelos: Maldonado, Willians, Negueba. (Flamengo)

Arbitragem: Paulo H. Godoy Bezerra.

Análise do Germano:

Flamengo entrava em campo, precisando, necessitando vencer, pra colar no ‘cangote’ de Corinthians e Vasco. Mas não foi o que se viu no começo do jogo. Jogo morno, sem graça. Santos e Flamengo com medo de atacar. O Santos pelo menos tinha Neymar pra se ajudar. Não era tão previsível quanto o Flamengo.

Flamengo esse que só conseguia alguma coisa nos pés de Léo Moura. Os caras começavam tocar bola lá atrás e quando se via, lá estava ela nos pés de Lé Moura. Júnior César era pouco acionado. A saída lá atrás continuava do mesmo jeito de rodadas atrás. Saída lenta, lenta até demais. Pra a bola sair de Alex Silva e Welinton, decorriam 7 segundos, na média.

Flamengo simplesmente não agredia. Era tímido o tempo inteiro. Não chegava na frente. Nem o Santos, aliás. Que só assustou com Rentería, num chute de fora da área, obrigado Felipe a fazer boa defesa.

Só nos 5 minutos finais do primeiro tempo, o Flamengo acordou. Cabeçada de Jael no travessão. Depois Júnior César recebeu dentro da área, e sem muito espaço nem tempo pra pensar, mandou o chute. Rafael espalmou. Por fim, Jael, recebe bola ‘chutada’ por Renato, dá um bico e quase marca. Rafael tirou mais uma vez.

Fim de primeira etapa. Almas pro vestiário.

Bem melhor que a primeira. Já começando com o Flamengo pressionando. Neymar arranca pelo lado esquerdo da zaga do Flamengo. Histeria de algumas dondocas de plantão. Ali o Santos já sabia que era o lado certo pra atacar. Num dessas jogadas, Alan Kardec arranca, dribla Léo Moura, Maldonado e no que vai passar por Alex Silva, é derrubado dentro da área. Pênalti. Neymar bate e vai pras dondocas. 1 a 0 Santos.

Aos 10 minutos, do lado direito, Neymar arranca, dribla Welinton e é derrubado na área. Pênalti não marcado.

Sentindo-se ameaçado pelo domínio do Santos, Luxa mexe. Tirou Jael e Negueba e pôs Diego Maurício e Vander (depois de longo tempo de recuperação está de volta).

E a arbitragem erra novamente. Após escanteio, Welinton desvia no primeiro pau para Alex Silva, em posição legal, empatar. Arbitragem anulou o gol, afirmando posição ilegal do zagueiro.

Luxa volta a mexer. Thomás entra no lugar de Willians. E mais uma vez dá um outro ritmo ao time.

Pouco depois o Flamengo chegava ao empate. Júnior César cruza bela bola para Deivid, que cabeceia com estilo no canto esquerdo de Rafael. Empate rubro-negro no Engenhão e euforia extrema de Deivid na comemoração. (Gostei muito disso)

O Flamengo seguia tentando a virada, apostando nos garotos e na força da nação presente no Engenhão. E o Santos contando muito com as faltinhas de Neymar pra ganhar tempo. E nisso ficou. 1 a 1.

Bem, nação. Foi isso que houve ontem a noite no Engenhão. Empatamos de novo, infelizmente. Já é nosso 13º empate no Brasileiro. Igualando ao número de vitórias. Quarta-feira temos um ótimo ‘treino’ no Chile, contra a La U. É levar a molecada e fazer testes com eles. Ver o que dá e o que não dá. O que tá certo, o que tá errado. O que pode e não pode. E voltar pro Brasil pra trabalhar e depois ir direto pro RS, lá antiga casa do R10. Pra enfrentar eles mesmo.. O Grêmio. E quem tá entregando os pontos agora, só por conta desse empate, coitado. Nem sabe o que vir a perder futuramente. A se enganar, né?! Enfim, obrigado a todos e até a próxima se Deus. RUMO AO HEPTA. |¬

SRN

Gols da partida:

Twitter: @Germano_CRF

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Nosso perfil no Facebook: Ser Flamengo

Comentários