Flamengo, um filho seu não foge a luta!

O Flamengo fará um jogo importantíssimo na quarta-feira. Simplesmente vamos jogar o nosso destino na Libertadores e acredito até que do restante da temporada. Uma eliminação precoce na competição mais importante da América iniciará uma crise sem tamanho e insolúvel na Gávea.
A imprensa esportiva em sua maioria vem fazendo questão de por fogo na Gávea. Vem sendo um estorvo ter que ler alguns site e diários esportivos; estão fazendo um verdadeiro sensacionalismo amador, mas vamos ao que interessa!
O jogo contra o Emelec será no Equador, longe, bem longe de casa, mas nem por isso o Flamengo não deixa de precisar de nosso apoio! É de suma importância estar fechado com o certo por mais difícil que possa parecer.
Quando eu comecei a acompanhar o Flamengo de verdade, percebi que a torcida jamais baixa a cabeça mesmo na derrota, mesmo quando o time é fraco (já disputamos a Libertadores com Leandro Salino e Clayton como titulares), mesmo que não jogue bem… Jamais somos inferiores a ninguém e o nosso apoio é sempre incondicional! É isso que nos faz uma torcida diferente, a única que é patrimônio tombado, a Nação!… Tudo isso foi assimilado por mim quando eu tinha dez anos.
O segundo Hino Oficial do Flamengo, o composto por Lamartine Babo, já explica bem os sintomas que o Flamengo causa ao coração: “(…) ele me mata, me maltrata me arrebata de emoção no coração (…)”. Então, tudo que esse time do Flamengo vem nos fazendo sentir não é novidade para ninguém. Sabemos também como tudo isso reflete em nossos sentimentos Rubro-Negros!
O descontentamento é normal, mas o abandono é heresia! Com um bom filho que jamais e nunca foge a luta, eu estou no apoio ao Flamengo! Sei por conhecimento de causa tudo que ele me causa! Já confessei recentemente que vou morrer assistindo a um jogo do Flamengo. Nós, torcedores, sabemos melhor do que ninguém das limitações de nossa equipe, que nosso técnico adora agir como uma besta e que nosso camisa dez é covarde, e se esconde em campo.
Para o jogo contra o Emelec na quarta-feira, eu não duvido de que vamos vencer, mas sei que será dureza, que o jogo será complicado e de que meu coração palpitará antes, durante e depois da partida. Como o Flamengo adora me surpreender, adoraria ver uma goleada. Quem sabe? O mais importante é ver os jogadores buscando com raça a vitória e dando a devida importância à Libertadores que nós, torcedores damos!
Vamos aguardar e ver como Joel escalará a equipe já que é necessária a vitória. Nada de três volantes! Espero uma equipe mais ofensiva, aguerrida e jogando a Libertadores como ela merece ser jogada. O Joel não deve ser tão burro quanto parece e como ele mesmo disse: “é vencer ou vencer”!

Enquanto não chega a hora do jogo, eu vou tentando segurar a ansiedade que me consome e me preparando bem para a luta! Não adianta o trabalho, a rotina, nada me impede de pensar no Flamengo e no que teremos pela frente. No momento venho lendo um bom livro e escutando a exaustão um tal de Ray Charles sem muito sucesso para ansiedade, mas um tremendo remédio para os ouvidos. Convido a vocês para ouvirem essa belíssima canção, a Georgia on my Mind enquanto passeiam pelo nosso blog.

 

SRN!!!!

Twitter: @poetatulio

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo 

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários

No Comments

Leave a Comment