Hora de fazer história no Couto Pereira

Logo mais o Flamengo vai entrar em campo para mais uma partida decisiva no Campeonato Brasileiro. O jogo será contra o Coritiba no Couto Pereira. Não pode haver outro resultado que não seja a vitória do Flamengo, mas tem um porém: todo mundo sabe que vencer o Coritiba dentro do Couto Pereira é penoso para qualquer adversário. O próprio Flamengo carrega um longo tabu jogando lá.
São treze anos sem vencer o Coritiba no Couto Pereira. A última vitória foi em 1998, um três a um imponente aplicado pelo Flamengo que na época era comandado por Romário que fez um golaço na partida. Haja tempo! Para se ter uma noção do tempo, a Seleção Brasileira ainda não era Penta, a hegemonia do Campeonato Carioca era do Fluminense, o Vasco ainda não era o nosso tri-vice, Fernando Henrique era presidente do Brasil, a nossa fornecedora de material esportivo era a Umbro e eu só tinha quatorze anos. Faz tempo mesmo! Sem contar que no Flamengo tudo era bem diferente de hoje, a realidade era outra.
Muitos torcedores devem lembrar que naquela época o Flamengo já fazia tempo que não conseguia montar uma equipe para brigar pelo sonhado Hexa, a nossa estrutura no futebol profissional como em outros esportes dentro do Clube era muito precária, salários atrasados era uma constante e o profissionalismo do futebol globalizado passava longe dos muros da Gávea. Tanto que depois de algum tempo, o Flamengo sofreu uma de suas maiores crises com o então presidente, Edmundo dos Santos Silva. A parceria com a instinta ISL que hoje volta aos noticiários nos casos de propina com a FIFA nos anos 90, foi prejudicial e só ajudou ao Edmundo dos Santos Silva a causar danos para o Flamengo. Ele foi sem dúvida o pior presidente que o nosso Rubro-Negro já teve em sua história. O único a sair do cargo por impeachment.
Voltando ao jogo de hoje, ressalto que não teremos a nossa zaga titular. Logo agora que Alex Silva (Suspenso) e Welinton (Lesionado) estavam rendendo o esperado, a dupla titular vai dar lugar a Ronaldo Angelim e David Braz. Não resta nada a fazer do que torcer pelo sucesso dos dois nessa partida tão importante. Felipe volta ao gol após a polêmica da medicação e Renato volta de suspensão. Tirando os zagueiros, Luxemburgo vai por em campo o mesmo time que enfrentou o Grêmio e Cruzeiro. Thomás será mantido na equipe titular. Me agrada muito essa formação, pois se jogarmos o primeiro tempo que jogamos contra o Grêmio em Porto Alegre e o segundo tempo do jogo contra o Cruzeiro no Rio de Janeiro, a vitória é certa, não tenha dúvida!
Esse ano vem sendo bom para o Flamengo quebrar esses tipos de históricos mencionado no início do post e tenho fé que nesse jogo não será diferente. Vamos ganhar e subir um pouco mais na tabela. O Fluminense tropeçou diante do grande América-MG no Engenhão. Teremos também que aguardar os outros resultados de nossos concorrentes, mas é óbvio que fazer a nossa parte é importante. Não dá para contar que a diferença para os líderes são de três pontos somente, o Flamengo perde nos critérios de desempate. Temos que pensar em quatro ponto para assumir a ponta da tabela.
O jogo é importante e cercado por esse longo jejum sem vitória no Couto Pereira. Pode ser também o jogo em que podemos definitivamente  encostar na turma da frente. Pode ser também o jogo em que o Flamengo começará a fazer mais história!!! E a luta continua!!! Unidos pelo Flamengo!!!
SRN!
Tulio Rodrigues
Twitter: @poetatulio
Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo
Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários

No Comments

Leave a Comment