Membro do Comitê do futebol do Flamengo foi nomeado no gabinete do líder do governo de Wilson Witzel

A matéria do jornal O Globo noticiando a presença de André Santolia, chefe de gabinete do deputado Márcio Pacheco (PSC), líder do governo Wilson Witzel na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) no voo fretado pelo Flamengo para o Equador, quando o Mais Querido enfrentou a LDU nesta quarta (24) pela Libertadores, expôs mais uma ligação de um dirigente do clube com os políticos.

Trata-se de Diogo Lemos, conselheiro, membro do Comitê do futebol e um dos líderes do Sinergia, grupo político de apoio do presidente Rodolfo Landim. No dia 13 de março, em publicação no Diário Oficial do Estado (DOERJ), Diogo foi nomeado Assessor Parlamentar do deputado líder do governo estadual na ALERJ em ação datada do dia anterior. A informação é pública e pode ser acessada aqui: Poder Legislativo do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro (DOERJ) de 13 de Março de 2019.

Reprodução: Diário Oficial

André Santolia, o chefe do gabinete também é conselheiro do clube e membro do grupo Sinergia, o mesmo de Diogo. André é figura carimbada nos camarotes do Flamengo no Maracanã.

André Santolia no lançamento da candidatura de Rodolfo Landim em 2018. Foto: UniFla

A assessoria de comunicação do gabinete do deputado Márcio Pacheco informou que Diogo Lemos foi exonerado nesta sexta (26) e que na próxima segunda (29), a ação será publicada no Diário Oficial.

CASOS SEMELHANTES:

Em 2012, situação parecida ocorreu e foi noticiada em reportagem da jornalista Gabriela Moreira, então na ESPN, denunciando as ações da presidente do Flamengo e também vereadora, Patrícia Amorim por nomear em seu gabinete, 25 pessoas do clube, nomes ligado à sua base política como Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal, Izamilton Mota Gois, Eduardo Moraes (Vassoura), Cristina Callou, vice de Esportes Olímpicos, Arnaldo Szpiro, diretor de basquete além de conselheiros e funcionários, algo considerado como imoral na época.

Em 2016, outra situação envolvendo dirigentes e políticos expôs ligações extra-clube. O então presidente, Eduardo Bandeira de Mello, teve um encontro com o candidato a prefeito do Rio, Marcelo Freixo. O agora Deputado Federal, divulgou no seu seu Twitter uma foto recebendo o Manto Sagrado do presidente, algo que não ocorreu com outros candidatos. A explicação estava na ligação do irmão de Bandeira com o Psol. Mauro Carvalho Bandeira de Mello era lotado no gabinete do vereador Paulo Pinheiro (Psol) como Assessor Parlamentar e era um dos financiadores da campanha de Freixo. A informação foi dada em primeira mão pelo Blog Ser Flamengo: Foto de Bandeira com Marcelo Freixo expõe ligação do seu irmão com o PSOLEm 2018 Bandeira tentou se eleger Deputado Federal.

Por Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Dailymotion

Comentários

One thought on “Membro do Comitê do futebol do Flamengo foi nomeado no gabinete do líder do governo de Wilson Witzel

Comments are closed.