Membros do Anjo da Guarda denunciam uso indevido de dados pela Chapa Azul nas eleições. Grupo se defende

O Programa Anjo da Guarda é feito com base na Lei de Incentivo ao Esporte – Lei 11.438/2006. A mesma permite que empresas e pessoas físicas invistam parte do que pagariam de Imposto de Renda em projetos dos Esportes Olímpicos. Segundo o vice-presidente Alexandre Póvoa, já são mais de 5.000 doadores desde o seu inicio em 2013 entre sócios, não sócios e empresas.

Membros que doaram ao programa ao longo dos anos denunciam uso indevido dos seus dados por parte da chapa da situação, a Chapa Azul, encabeçada por Ricardo Lomba. Eles informam que vem recebendo e-mails da chapa endereçadas aos doadores como pode ser visto nas imagens abaixo. O estatuto do clube não permite uso de dados de sócios e torcedores do Flamengo para fins eleitorais, somente os da relação de eleitores, comprado pela chapa no momento de inscrição.

Recentemente, Alexandre Póvoa enviou e-mails aos doadores do Programa Anjo da Guarda e para pais e alunos das Escolinhas do Flamengo. No e-mail, Póvoa fazia duras críticas a Chapa UniFla de Rodolfo Landim, dizendo que iriam acabar com os Esportes Olímpicos. O texto teve resposta de Rodolfo Landim em entrevista ao Blog Ser Flamengo.

Veja mais:

Membros das executivas do SóFla (Arhtur Butter) e do Sinergia (Diogo Lemos) chegaram a debater no Twitter sobre o assunto. Vale lembrar que o SóFla apoia Ricardo Lomba e o Sinergia apoia Rodolfo Landim.

Veja mais:

Entramos em contato com os responsáveis. Membros da Chapa Azul informaram que: ” Cruzamos a base dos sócios com as informações disponíveis. Os dados do Anjo da Guarda são públicos. Isso é um falso problema criado pela chapa do Landim para tumultuar. Não usamos dados confidenciais, disparamos para os sócios que estão em listas públicas. Cruzamos os nomes da base de sócios e não da base do Anjo”, disse.

Em contato com Alexandre Póvoa, ele confirmou o que foi dito pela Chapa Azul e que é o SóFla o responsável pelo banco de dados. Disse ainda que os dados do Anjo da Guarda são publicados no site do Flamengo e são públicos e que os nomes estão disponíveis no site do Ministério do Esporte. Depois finalizou: “É incrível como a maioria das pessoas se preocupa com a lista do Anjo da Guarda na eleição e não se preocupa em doar para o Anjo da Guarda“.

Verificamos que no site “Onde estiver Estarei”, há os nomes dos doadores de 2015 – Clique aqui e veja. No site do Ministério do Esporte é possível ver os doadores dos anos de 2014 (Veja qui), 2015 (Veja qui) e 2016 (Veja qui), mas a lista é completa, inclui a doação para outros programas e não somente dos Programa Anjo da Guarda.

Na manhã desta sexta, Marina Caruso em sua coluna no Jornal O Globo noticiou que Alexandre Póvoa usou os dados confidenciais do Anjo da Guarda. Em sua conta oficial, a Chapa Azul respondeu e classificou a informação como Fake News:  “Acerca da notícia veiculada no blog de Marina Caruso, na edição on-line do Jornal O Globo, a Chapa Azul vem a público negar mais uma tentativa de tumultuar o processo eleitoral do Flamengo“.

ENTREVISTAS/COLETIVAS E LANÇAMENTOS – ELEIÇÕES FLA 2018

Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)
+ Siga o Blog Ser Flamengo no Instagram, no Twitter, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários