Nunes e Uri Geller esclarecem foto com candidato a presidente do Flamengo

No último dia 15, o jornal O São Gonçalo publicou uma matéria intitulada “Chapa de oposição no Flamengo quer mudanças no clube“, informando que o grupo Fla Tradição lançou Marcelo Vargas como candidato a presidente do Flamengo. A matéria é assinada por Rennam Rebello e a foto creditada como divulgação.  Na imagem que ilustra o texto, Marcelo aparece abraçado com os ídolos do clube Nunes e Júlio César Uri Geller. O que deu a entender que estavam apoiando a candidatura.

Os ex-jogadores lançaram nota para informar que a imagem não se trata de apoio político. Em sua nota, Nunes informa que a foto foi feita em 2010: “faz nenhum sentido essa notícia, a foto vinculada com a minha imagem e de Júlio tem mais de 8 anos e foi tirada assim como milhares de fotos que já tiramos com fãs e de forma alguma autorizamos“.  Já Uri Geller, vice-presidente do Flamaster publicou: “peço encarecidamente que nossa imagem não seja vinculada à nenhuma política do clube“.

Na imagem, da esquerda para a direita, abraçado com Marcelo Vargas, está Lysias Dantas Itapicuru, pai de Lysias Itapicuru, ex-candidato a presidente em 2012 e membro do grupo Fla+, que declarou apoio ao candidato Rodolfo Landim.

Veja mais:

Confira as notas na íntegra:

Nunes:

Eu, Nunes, Artilheiro das Decisões e Júlio César uri Geller, comunicamos que não estamos apoiando candidato do grupo político Fla Tradição, faz nenhum sentido essa notícia. A foto vinculada com a minha imagem e a de Júlio tem mais de 8 anos e foi tirada assim como milhares de fotos que já tiramos com fãs e de forma alguma autorizamos a sua publicação muito menos apoio à tal grupo. Meu trabalho e de Júlio não é político e sim para a instituição Clube de Regatas do Flamengo.
Muito obrigado pelo apoio , peço a compreensão de todos, grande abraço”.

Júlio César Uri Geller:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários