O direito de discordar sem ser contra

Outro dia li o ótimo texto da Dani Souto no Primeiro Penta com o seguinte título: A idolatra-ação do dirigente no Flamengo. Concordei com o texto e com o ponto de vista da Dani e mais ainda com a mensagem que ela quer passar. Vendo os comentários do texto, me voltaram à mente não só a questão da “idolatra-ação”, mas outra questão que também deve ser levantada para discussão: O direito de discordar das ações da atual diretoria! Não estou dizendo que o texto da Dani é algo contrário a diretoria, mas assim disseram nos comentários. 
O direito de discordar é livre e até mesmo de ser oposição, mas que o façam com fundamento e de forma concisa, e inteligente. Não é preciso agredir ou até mesmo se formar do lado oposto para ser uma oposição vazia. Acho isso baixo e sem propósito. Principalmente na política seja ela qual for. 
Onde quero chegar é que qualquer comentário que vá de encontro a qualquer ação tomada pela atual diretoria, chove em Redes Sociais, em Blogs e sites, comentários agressivos ao ponto de dizer que o discordante é menos Flamengo por isso ou é do contra. 
Uma das ações da atual diretoria que fui terminantemente contra foi no aumento dos ingressos na semifinal da Taça Guanabara contra o Botafogo. Falei disso nesse post: Esse pacote não vale R$ 80,00. Apresentei meus argumentos para justificar minha posição sem atacar ninguém. Principalmente a diretoria. 
Na campanha eleitoral para presidente ano passado, preferi manter a isenção a escolher uma chapa para apoiar. Fiz isso por alguns motivos: Primeiro porque estava fazendo um trabalho de cobertura de toda eleição entrevistando candidatos e notáveis da política do Clube, outro motivo foi o fato de mesmo ser sócio, não poder votar naquele pleito. De que me adiantava externar apoio ou simpatia? Nenhuma! Hoje é diferente, a diretoria atual tem o meu total e irrestrito apoio. Acredito que eles possam reerguer o Clube como falaram na campanha. Todo mundo erra e com eles não será diferente. 
Acredito que toda discussão é válida desde que ela seja construtiva. Troca de ofensas em nada acrescenta para ninguém. O direito de omitir opinião está na liberdade de cada um e cabe respeitar mesmo que não concorde. Vejo muitas discussões desnecessárias e agressões gratuitas sem valor futuro nenhum! 
Vamos todos apoiar a diretoria e discordar se for o caso e salve o Flamengo e a democracia!
Twitter: @PoetaTulio
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamego
Comentários