“O Flamenguista tem que ter fé até o final”, diz Pet sobre o jogo de quarta contra o Emelec.

No quinto encontro anual da torcida “Dinossauros da Falange Rubro-Negra”, realizado nesta segunda, na sede do Flamengo, Petkovic, um dos homenageados da noite, falou sobre o jogo decisivo desta quarta (31) e lembrou da decisão do Carioca de 2001 contra o Vasco.

O Vasco era o maior rival, era o favorito, tínhamos que ganhar por dois gols de diferença, não era fácil. Vivíamos época muito difícil em todos os sentidos do Flamengo: Crise dentro do grupo, crise no campo, crise política, crise financeira… Única crise que não faltou foi das arquibancadas. O pulmão das arquibancadas… Essa fé não faltou! Aquele jogo e aquelas circunstâncias mostraram que o flamenguista precisa ter fé até o final mesmo que falte cinco minutos e que precise fazer dois gols, acreditem que o Flamengo tem capacidade pelo apoio de sua torcida. Então na quarta-feira é difícil, mas não é impossível. Se vier o apoio das arquibancadas como vinha na minha época, acho que esses garotos na quarta-feira vão fazer tudo para conseguir o resultado positivo. Então vamos acreditar até o final para passar para próxima fase da Libertadores“, disse o ídolo e agora comentarista do SporTV.

Na minha experiência, eu aprendi que força mental e a energia positiva juntada a sinergia que vem de todo mundo faz os milagres como foi naquele ano“, complementou Petkovic.

LEIA MAIS:

Por Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Dailymotion

Comentários