O Poder da corneta

Por Diogo Paiva

Navegando no setor rubro negro da internet, ultimamente tenho me deparado com varios atritos entre integrantes vestidos com o mesmo manto, geralmente um indivíduo criticando as críticas que outros indivíduos fazem do time que ambos dizem torcer, em futebolês: Cornetando as cornetadas.

Aliás, a corneta e seus derivados estão entre as formas de expressão mais vistas nas diversas rodas de conversa, sejam elas digitais ou analógicas (presenciais hehehe), e quando as cornetadas saem de um torcedor de verdade são, acreditem, importantes, necessárias e incrivelmente úteis, até indispensáveis!

Lembre-se de quantos elogios e quantas críticas você lembra de ter recebido? Quais foram mais marcantes? Quais mexeram mais com você? Quais te fizeram mudar? Certamente essas respostas foram bem direcionadas para o lado das críticas, ou seja, cornetadas… Elas mesmo!

Notamos nessa lembranças que as críticas mais relevantes vieram de pessoas que realmente nos conheciam, sendo assim caberia uma recomendação àqueles que ousam criticar sem nos conhecer, nem muito menos se importar : Não me conhece, não me critique,cornete!!! E não é diferente no divertido e fascinante mundo da bola, lá deveria ser punido com prisão ou uma surra quem corneta seu próprio time sem conhecê-lo, ou seja, sem ser torcedor, pois, obviamente, todo torcedor que se preze conhece seu time.

Cumprida esta condição, agora sim!! Sendo realmente torcedor basta ACHAR que tem um motivo que estará autorizado a cornetar à vontade, e digo mais: Tem que cornetar mesmo !!!! A responsabilidade do torcedor acaba a partir do momento que tudo que fale seja pra ver seu time melhor, dai pra frente pode cornetar quando, como e o quanto quiser, e repito: Cornete mesmo!! Independente do tamanho do erro ou do resultado, sua cornetada provavelmente fará mais efeito do que um simples elogio… E elogios demais nos faria alienados e até omissos!!

Então é isso, assim talvez como a instituição Flamengo não saiba ainda o poder que tem no mundo(o que já é assunto pra longas conversas), nós rubro-negros ainda não saibamos o poder de nossas cornetadas , e, portanto, caro leitor , primeiro torne-se um torcedor de verdade , depois…. Repito e repito: CORNETE!! CORNETE MESMO!!

Diogo Paiva, colunista convidado.

Nação, o Diogo Paiva tem um belíssimo blog sobre o Flamengo chamado de Rubro-Negro Até Morrer.
Para ver outros belíssimos textos do Diogo é só acessar: http://rubronegroatemorrer.com/ e o siga no Twitter: @diggopaiva

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários