O preço a pagar pelo profissionalismo

Em seus primeiros dias de trabalho, a nova diretoria sofreu com a pressão por contratações. As investidas vieram de todos os lados da torcida Rubro-Negra. Wallim Vasconcellos, o nosso novo Vice-Presidente de futebol chegou a dar coletiva e disse que não entraria em leilões. O Flamengo agora seria diferente. 
Essa semana a torcida pôde ficar mais aliviada. Logo após anunciar o pagamento de salários atrasados, foram anunciados quase que simultaneamente o volante Elias, o meia Gabriel e o lateral João Paulo. Como todos queriam, as contratações foram anunciadas pelo site oficial do Clube e não houve vazamento. Show de profissionalismo! Do jeito que a torcida queria. 
Neste sábado, uma noticia inesperada. Vagner Love está fora do Flamengo! A notícia veio seca e sem muitos detalhes. Depois foram expostos os motivos ou somente o motivo: FINANCEIRO! O contrato firmado entre Flamengo e Vagner Love era milionário e desde que o Flamengo começou a negociar com a Adidas, a Olympikus parou de pagar a sua parte no salário do artilheiro do amor. O Flamengo deve cinco meses de direitos de imagem e só pagou uma parcela de seis que davam um total de R$ 27 milhões. O Flamengo pagou € 4 milhões aos CSKA que em reais equivalem a R$ 10,8 milhões. O Flamengo ainda deve € 6 milhões que em reais equivalem a R$ 16,2 milhões. O CSKA propôs esquecer a divida desde que Love voltasse. 
O salário também era milionário. Falaram em R$ 800 mil, R$ 700 mil, mas ninguém deu a informação ao certo. A atual diretoria procurou Vagner Love e propôs uma redução de salário. Vagner não aceitou voltar ao CSKA da Rússia. Uma parte da torcida não gostou. Mesmo não sendo unanimidade hoje, Love é muito melhor que os atuais atacantes. 
Porém, devemos levar em consideração que não adianta ficar com um jogador que não temos condições de pagar. Chega de irresponsabilidade e a fama de mau pagador que temos na praça. Se tanto queríamos um Clube com uma administração profissional, pelo menos a nova diretoria vem mostrando ser neste inicio. Não estou aqui defendendo, mas levando em consideração caso a decisão tenha se baseado no custo-benefício de Love para o Clube e na responsabilidade de manter os salários em dia. Vagner Love era um investimento sem retorno se levar em consideração a grana a ser paga. 
Não tenho duvidas de que Love ficaria caso Patrícia tivesse sido reeleita, afinal, irresponsabilidade ditou a sua gestão. Vide o caso Ronaldinho que no momento em que a Traffic saiu da parceria e não arcaria com a sua parte no salário, era para Patrícia sentar e rever os valores oferecidos a ele, mas ela fez ao contrário e aumentou o contrato. O fim todos vocês já sabem e o caso de Vagner Love poderia ir para o mesmo caminho. 
Tudo tem seu preço na vida. E teremos que pagar alguns pela reestruturação e uma nova filosofia profissional no Clube. Pelo menos a minha pessoa se encontra esgotada de comprar ilusões, mas não posso falar por vocês! 
Se o preço para o profissionalismo e o fim da fanfarronice é perder Vagner Love, eu aceito pagar com a maior tranquilidade! 
Sejam bem-vindos Elias, Gabriel e João Paulo! Vá em paz Vagner Love! 
Twitter: @PoetaTulio
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpege no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários