Omissão e medo de ser feliz.

Ficha técnica da partida
FLAMENGO X PALMEIRAS – 36ª rodada – Campeonato Brasileiro 2012.
Data: 18-11-2012 Horário: 17:00 (HB) 
Escalação do Flamengo: Paulo Victor; Wellington Silva, Renato Santos, Marcos González, Ramon; Amaral, Ibson(Mattheus), Renato, Cléber Santana(Wellington Bruno); Vágner Love, Hernane(Paulo Sérgio). Esquema: 4-4-2. Técnico: Dorival Júnior.
Escalação do Palmeiras: Bruno; Artur(Obina), Adalberto Roman, Maurício Ramos, Juninho; Márcio Aráujo, Corrêa, Tiago Real(Vinícius), Mazinho(Bruno Bydal); Maikon Leite, Hernán Barcos. Esquema: 4-3-3. Técnico: Gilson Kleina.
Estádio: Raulino de Oliveira(Volta Redonda/RJ) |Público presente: 10.623 pessoas. |Renda: R$ 103.165,00
Placar: Flamengo 1 x 1 Palmeiras.| Gol(s): Vinícius 17’ 2º tempo(Palmeiras); Vágner Love 43’ 2º tempo(Flamengo).
Cartões amarelos: Adalberto Roman, Márcio Aráujo, Corrêa, Hernán Barcos(Palmeiras); Amaral(Flamengo).
Cartões vermelhos: Paulo Sérgio(Flamengo).
Árbitro: André Luís Freitas Castro.
Eu poderia jurar que, nestes meus 11 anos de torcedor fervoroso do Flamengo e 1 ano e alguns meses de colunista, jamais veria tal situação: o Flamengo rebaixando um time que me dá tanto nojo, como é o caso do Palmeiras.
Pra começar, digo-lhes que a única coisa que me prendeu nesta tarde de domingo em frente à TV, foi o meu amor incondicional pelo Clube de Regatas do Flamengo. Porque admitamos, o jogo foi sonolento, chato, apático. O Palmeiras querendo desesperadamente a vitória e tentando de todas as formas possíveis e improváveis chegar até ela.
Já pro Flamengo, parece-me que o único objetivo dos caras é chegar dia 3 de dezembro e torcer pela vitória da vossa presidente: Patrícia Amorim. Digo isso porque o Flamengo não jogou futebol hoje. Fez um feijão com arroz daqueles de dar um nó no estômago. E como já sabiam eles que uma ampla parcela da torcida, estava apenas interessada no rebaixamento do falecido alvi-verde, não se deram o mínimo trabalho de pensar em entrar em campo, jogar futebol como se manda o figurino Flamengo e deixar pra descansar depois.
Tirando os gols de Vinícius, em lance que o mesmo surpreende Paulo Victor, a zaga e manda um chute despretensioso no fundo do gol do Flamengo; e o de Vágner Love, em mais uma bisonha falha da zaga do Palmeiras. Que diga-se: domingo passado, contra o campeão Fluminense, expôs o mesmo erro. Bola chutada pro gol, desviada na zaga, mesmo que sem intenção de enganar o goleiro, enganando-o e entrando no gol.
Àquela vez, domingo passado, foi Fred o autor do chute mesquinho, que era um cruzamento e que foi desviado pra dentro do gol. Desta vez, Vágner Love finalizou com mais certeza do que estava fazendo, a bola desviou e morreu no mesmo lugar, só que em estádio diferente: Volta Redonda(piada infame).
Nota 0 para Paulo Sérgio, que foi expulso e talvez nem jogue mais este ano. Nota 0 também para Cléber Santana que, depois de muitos elogios à sua forma de jogo, sumiu em campo. Nota 0 também para Ibson, pelo mesmo motivo de Cléber Santana. Só que deixo duas considerações: Ao menos o Cléber mostrou um bom futebol desde sua chegada; e a nota 0 pro Ibson ainda serve para ele passar de ano.
Nota 10 a Wellington Silva. Um dos poucos que venho vendo jogar bem e se esforçar(espero que isso não o faça baixar de rendimento). Nota 5 a Vagner Love. Sem mais explicações.
E nota 1 ao conjunto. Que em mais um ano, podendo ser campeão brasileiro, deixa escapar pelos dedos por erros próprios, omissão e medo de ser feliz. E que venha o Vasco! Uma pena que não seguirá o mesmo caminho do Palmeiras, pelo menos neste ano.
Twitter: @43Germano
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários