Organizada do Mengão dá show de cidadania na Bahia

Trabalhar muito, ganhar pouco e com o suor do seu trabalho honesto, manter o lar. E depois ver a chuva ameaçar em uma madrugada, a realização de anos de labuta. Ter que deixar para trás aquilo que foi conquistado sem saber se haverá reencontro.

Santa Cruz Cabrália, no extremo sul baiano, foi vítima de fortes chuvas, que resultaram em centenas de desabrigados. Numa situação como essa todo tipo de ajuda é necessário. Foi em Porto Seguro, cidade que já foi tema de uma coluna minha aqui no Blog (Porto Seguro- Paraíso Rubro-Negro), que surgiu uma bela ação de recolhimento de doações para as vítimas da enchente, na sede da 53º Região da Raça Rubro Negra. A cada quilo de alimento recolhido, a certeza de levar um momento de alívio para alguém. E, com suas camisas vermelhas, o sorriso no rosto estampava a sensação de dever cumprido.

 Uma torcida organizada dando exemplo de cidadania e humanidade é um tapa na cara de muita gente. O que me levou a querer mostrar isso no Blog Ser Flamengo, além da beleza do gesto, foi o tratamento que as pessoas deram a ação. Praticamente não vi compartilhamentos, congratulações aos envolvidos. Mas, se algum deles fosse personagem de alguma briga ou ato marginal, com certeza haveria repercussão. O que quero dizer, é que é desprezível essa mania de omitir os bons atos das pessoas e exaltar os maus. Gravar as mágoas no concreto e os motivos de gratidão na areia. Não se trata de colocar no esquecimento o histórico negativo de muitas organizadas, e sim de encará-las como um todo, e considerar que dentro de cada organização, apesar do preconceito que sofrem, também existem pais e mães de família, trabalhadores honestos, pessoas de bem e dotadas de um amor sincero pelo clube que torcem. Pessoas que, por defenderem uma ideologia em que monstros travestidos de torcedores dizem defender, diversas vezes são tratadas como marginais, mas que exercem a cidadania que muitos pseudomoralistas deixam de exercer, por passarem o seu tempo tecendo críticas negativas a tudo e a todos.

Gostaria de parabenizar a Paulo Lima, Lilian Viana e a todos os envolvidos não só por essa ação social (que não é a primeira), mas também pelo desenvolvimento de um trabalho que gera fortalecimento do nome do Flamengo no extremo sul baiano, uma vez que a preços baixos e sem visar lucro, permitiu que muitos nativos conhecessem a emoção de ver o Fla de perto, no seu palco sagrado, em outros estádios e até mesmo fora do país. Parabenizo também as outras regiões da torcida que se empenham em ações sociais, bem como a todas as torcidas, de qualquer clube, que exercitem sua humanidade. Vamos louvar o louvável. Dai a César o que é de César.

 

Twitter: @BrunaUchoaT

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Comentários