Pré-jogo – Bahia x Flamengo – Campeonato Brasileiro 2012

E lá vamos nós para mais uma semana de Flamengo em campo. Há considerar a semana que se passou as notícias não foram nada boas, mas isso eu deixo para as pitadas. Já não posso dizer que meu ânimo e minha confiança estejam a pico com este time do Flamengo. A atuação da equipe contra o Fluminense no domingo passado foi melancólico, triste e decepcionante.

Indo para o jogo de domingo contra o Bahia no Pituaçú, teremos algumas mudanças na equipe. Na Zaga Arthur Sanchez entra no lugar do Gonzalez que se lesionou no jogo passado. Ramon entra na lateral esquerda, pois foi regularizado a tempo. Enfim teremos um lateral como titular, Magal já não dava mais. A estrutura do meio campo é o mesmo, mas com mudanças também. Airton que foi regularizado entra no lugar de Amaral, Adryan entra no lugar de Bottinelli que foi titular no Fla x Flu. O ataque será formado por Deivid e Hernane que entram nos lugares de Vagner Love suspenso e Diego Maurício que estava rendendo abaixo do esperado.

O Flamengo hoje já ocupa a zona intermediária da tabela e é lá que acho que iremos ficar durante o campeonato todo. Joel que não é bobo faz algo inédito neste jogo, que é por o time jogar de uma forma ofensiva fora de casa. Sinceramente não sei se uma derrota neste jogo derrubaria o Joel, não sei. Dessa diretoria podemos esperar tudo mesmo.

Voltando ao meu espirito de torcedora não sei se estou sendo menos flamengo que alguém, pois meu desânimo por esse Flamengo aí é muito grande. Ninguém sabe a tristeza que é ter que fazer um texto toda semana para falar do time de Joel Santana. Lembrando que vamos entrar agora para duas partidas por semana. Vai ser muito difícil.

Estarei de corpo presente neste jogo. Irei ao jogo mais pela abstinência de ver o Flamengo de perto que por outra coisa. Como sempre fui uma torcedora acostumada a ver o Flamengo no estádio, não poderia deixar passar essa. Torço até que no próximo ano o Vitória-BA suba a primeira divisão para que o Flamengo jogue aqui duas vezes por ano pelo menos. 

FICHA TÉCNICA:

BAHIA X FLAMENGO
Estádio: Pituaçu, em Salvador (BA)

Data/hora: 15/7/2012 – 16h (de Brasília)

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)

Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Otavio Correia de Araujo Neto (AL)

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabinho, Danny Morais, Titi e Hélder; Fahel, Diones, Kleberson, Gabriel e Mancini; Souza.

Técnico: Paulo Roberto Falcão.

FLAMENGO: Paulo Victor, Luiz Antonio, Marllon, Arthur Sanches e Ramon; Aírton, Renato, Ibson e Adryan; Deivid e Hernane.

Técnico: Joel Santana.

Transmissão: TV Globo e PFC.

Pitadas da Anita:

  • Quero começar as minhas pitadas falando da dificuldade para comprar ingressos para o jogo aqui na Bahia. Sou sócia do Clube e não consigo comprar o ingresso aqui com prioridade nenhuma. Não pude enfrentar a fila monstruosa, pois tenho minhas ocupações e o jeito foi comprar no “mercado negro” com o valor muito elevado. A diretoria do Flamengo deve olhar para a sua torcida que vai aos jogos fora do estado do Rio de Janeiro.
  • O Flamengo recebeu a resposta que não esperava sobre o Diego. Queria muito que ele viesse, mas da forma de negociação proposta pelo Clube. Envolver o patrocínio máster para isso não era uma boa para o Flamengo. A questão real é que não há dinheiro para uma contratação dessas.
  • Fiquei feliz de saber que o Flamengo não tentará a contratação do Riquelme. É um jogador extremamente problemático e o Flamengo deve mesmo buscar jogadores que futuramente não irão trazer problemas para o Clube e para o elenco.

  • Li a entrevista do Vice de patrimônio (Fla-Gávea), o Cacau Cotta e mais uma vez pude perceber que a eleição do Flamengo será decidida pelas benesses feitas na Sede. Claro que tudo que foi feito até agora na Gávea é importante, mas o futebol devia ser mais priorizado pela presidente. Como bem disse o Lysias Itapicurú, “O futebol tem que estar debaixo do nariz do presidente” e talvez o que esteja debaixo do nariz de nossa presidente seja outra modalidade.
  • Se essa notícia de que o Juan está fechado com o Inter-RS for verdade, fica completamente claro que amor no futebol realmente não existe. Não que ele seja obrigado a joga no Flamengo por ser cria da casa, mas é só ver as questões salariais e constatar que esse fator irá decidir a situação. O Flamengo ofereceu trezentos mil e o Inter-RS quinhentos. Acho também que o Juan nunca se mostrou com vontade de voltar!

Twitter: @AnitaLove99

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Curta a nossa Fanpage: Blog Ser Flamengo

Comentários