Pré-jogo – León x Flamengo – Libertadores 2014

Mais uma vez estão nos deixando sonhar com a conquista da América. Não somos favoritos em 2014 assim como não fomos quando debutamos na Libertadores em 1981. A competição na época não tinha nem a metade da importância que tem hoje esportivamente para as equipes brasileiras. Mesmo assim fomos lá e vencemos a competição continental que nos carimbou vaga para o mundial disputado ainda em dezembro do mesmo ano.
Hoje a Libertadores é uma ambição super real para nós. Almejamos a Libertadores hoje muito mais que nossos pais e avós almejaram em 1981. A responsabilidade que Hernane e companhia têm hoje ao estrearem contra o León em solo mexicano é muito maior do que a de Zico e companhia ao estrear em solo brasileiro contra o Atlético-MG.
A nossa competição continental não tem charme da Champions League e em título de comparação em qualquer aspecto, perdemos feio, mas queria ver o Barcelona por aqui, jogando nos caldeirões sul-americanos, enfrentando a hostilidade da torcida adversária, lidando com juízes caseiros e muitas vezes com a falta do fair play. Libertadores não e fácil!
Que ao entrar em campo hoje, o Flamengo entre com o pé direito. Que do México possamos voltar com uma vitória na bagagem. Dar um pontapé inicial numa competição como a Libertadores com uma vitória fora de casa é de suma importância. Que não sejamos medíocres como em anos anteriores, que o Flamengo não se apequene que lutemos com honra sem sermos covardes… Tomara que sejamos Flamengo! O Flamengo de 1981 que buscou um empate heroico contra o Atlético-MG na estreia.
É difícil em toda participação do Flamengo na Libertadores, não lembrar a campanha de 1981. Então, que a inspiração seja mesmo no melhor ano de toda nossa vida! Que seja no melhor time que o Flamengo já fez jogar! Que seja na taça erguida com uma dignidade ostentada por poucos que prezou e honrou o esporte chamado futebol! Libertadores não é fácil! Vencer nem sempre também não é! Mas ser FLAMENGO faz toda diferença!
Ficha técnica:
LEÓN X FLAMENGO
Local: Nou Camp, em León (MEX)
Data/horário: 12/2, às 22h (horário de Brasília)
Árbitro: José Hernando Buitrago (COL)
Auxiliares: Wilmar Navarro e Rafael Rivas (COL)
Transmissão: Rede Globo, SporTv, Band e Fox Sports
LEÓN: Yarbrough; Vázquez, Magallón, Rafa Márquez e Hernández; Montes, Loboa, Elías Hernández e Peña; Mauro Boselli e Britos. 
Treinador: Gustavo Matosas.
FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir (Erazo) e André Santos; Amaral, Elano, Muralha, Everton e Paulinho; Hernane. 
Técnico: Jayme de Almeida.
——
Moraes é um tradicional torcedor do Flamengo que se orgulha de dizer que viu todos os jogos de Zico in loco pelo Flamengo. Onde o Flamengo joga, lá está Moraes apoiando o Clube. E tudo sendo mantido por ele mesmo. Moraes vive pelo Flamengo.
Moraes está no México para ver a estreia do Flamengo hoje. Em seu Facebook, relatou o descaso e o despreparo da atual diretoria para não só com ele, mas para quem foi acompanhar o Flamengo hoje. O motivo do seu desabafo foi por causa da dificuldade em conseguir (comprar) ingressos para a partida. Eis alguns trechos:
“(…) Antes de viajar entrei em contato com o Marketing, Bruno Spindel que conheço antes de entrar na Diretoria. Pedi uma cota para galera que ta vindo e tal. 

Anotado, ficou de ajudar, mandou e-mail do cara aki de Leon pedindo que eu fizesse a reserva, etc. etc. etc.
Tudo feito e… Nada… Aki ilhadao sem contato com o Brasil, louco e… Nada… De vez em quando arranjo um computador e cadê, cadê, cadê… Nada…
Cansei de esperar e fui na bilheteria e comprei 8 ingressos pro NOSSO POVO. No meio da torcida deles. Seja o que Deus quiser. NINGUEM TOCA NA MINHA CAMISA, sem chance. Vamos VESTIDOS COM O MANTO SAGRADO. Nem quero saber”. 


Moraes continua: “(…) Bem, só para dizer pressa atual Direção. Eu não peco respeito. EU EXIJO RESPEITO. Tenho plena consciência do que fiz e do que faço pelo meu clube. Eu viajo as minhas custas. Eu vou continuar viajando as minhas custas. O Flamengo e maior que todos nos. O Flamengo fica e nos passamos. 

Gostaria de dizer o mesmo dos senhores. Muitos do que hoje estão TIRANDO ONDA, esnobando nossa torcida, nunca, eu disse NUNCA botaram o pé fora do Brasil para vê um jogo do Flamengo e posso dizer isso porque SOU EU QUEM LEVO A GALERA.
Assim e mole. Quando tão na Diretoria viajam para cima e para baixo. Custo zero. Quero vê botar a mão no bolso, quero vê. Espero vê-los anos na Direção do meu clube. Sim, os senhores estão fazendo um belo trabalho. MAS NO DIA QUE SAÍREM ESPERO VÊ-LOS VIAJANDO COM A MESMA FREQUENCIA, NÃO SUMIREM COMO OS OUTROS SEMPRE FIZERAM.
Nenhum clube do mundo subsiste sem sua torcida. Respeitem nosso Povo. Isso aqui custou dinheiro. Custou saúde, custou trabalho, custou problemas familiares”.


Esperamos que tudo não tenha passado de um problema de comunicação, pois é impossível acreditar que uma diretoria destrate a sua torcida assim. É perigoso já irmos a um jogo na casa de um adversário, agora imaginem os riscos que envolvem ir comprar o ingresso na torcida adversária. Havia necessidade disso?
Concordo com o Moraes quando ele diz que nenhum Clube no mundo subsiste sem a sua torcida e acrescento em dizer que não importe onde ela esteja. Essa dedicação de amor é que faz milhares de outros torcedores como o Moraes a ir onde o Flamengo esteja para apoiá-lo. Isso deve ser valorizado e vale muito mais do que vem sendo prezado hoje.
Que tudo dê certo ao Moraes e aos demais amigos que estão no México!

Twitter (autores do texto): @AnitaLove99@PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários

2 Comments

Leave a Comment