Pressão pelo imediatismo

André Castro e Hyuri. Com certeza esses dois nomes, dois jogadores, entraram hoje para a história do Audax.
Sem contar que a tática de marcar um gol logo no início e desestabilizar o adversário, vem dando certo – muito certo – para os pequenos. O Bangu, na quarta-feira passada, teve o azar de, na pressão imposta pelo Flamengo, tomar o gol da virada. Gol sofrido, chorado, mas que tiraram os 3 pontos das mãos do Bangu e colocaram-nos nas do Flamengo.
Alex Silva sofreu o jogo inteiro com vaias. A cobrança foi em cima dele durante o jogo inteiro. Mas no fundo a torcida está sofrendo e ainda vai sofrer mais um pouco até assimilar que esse ano não ganhará nada relevante. O que vier, é lucro absoluto!
Jorginho chegou tem pouco mais de uma semana e ainda vai ter que quebrar a cabeça para poder fazer esse time jogar um futebol tranquilo e eficiente. Talvez, nem consiga esse ano. Talvez nem consiga durante seu tempo no cargo. Essas respostas só virão com o tempo. Tempo esse que, pelo que se vê, a torcida ou grande parte dela, não vai aguentar, não vai suportar.
Infelizmente o imediatismo já subiu à cabeça de muitos há um tempo e a tendência é a pior de todas: aumentar, aumentar e aumentar. É difícil pro torcedor assimilar que, enquanto o time escorrega e desliza no campo, lá dentro, lá nas ‘cabines’ o melhor está acontecendo. Ou repito: assim espero.
André Castro abriu o placar hoje, desmontou o Flamengo.. que Gabriel num chute da entrada da área – seu primeiro com a camisa do Flamengo – foi tentar salvar; que daria tempo, não fosse o buraco que se instalou na defesa do Flamengo; que após ver o início de um contra-ataque, sofria; e que tomou um soco no estômago quando Hyuri invadiu a área sozinho e bateu no canto direito de Felipe.
Jorginho não soube o que fazer, também não havia tempo para mais nada. Perder pro Audax, um time minúsculo do Rio de Janeiro, pode dar uma sensação de “esse time não serve pra nada”, mas é bom que se repita mil vezes se for preciso: Jorginho não tem culpa – ainda, o time é esse aí e dificilmente vai mudar algo este ano e.. a pressão nas arquibancadas pelo imediatismo ainda vai matar o torcedor do coração.
Na quarta-feira próxima, o Flamengo terá o Remo-PA no Belém do Pará. E.. sair derrotado de lá, não será surpresa alguma.
Twitter: @43Germano
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários

No Comments

Leave a Comment