Qual é a sua chapa?

Quando comecei a acompanhar o Flamengo lá nos idos de 92 com afinco mesmo em 94, eu não sabia nem o que era presidente, vice-presidente, administração… O Flamengo se resumia pra mim no Manto Sagrado, o mesmo que usava do meu tio e vinha no meu joelho, o Maracanã que só fui descobrir em 1995 num Flamengo x Vasco com vitória nossa e a títulos. Corneta era só nos jogadores e no técnico.

Hoje, torcer parece uma obrigação além do termo. Se o time vence, não basta exaltar o autor do gol, a defesa quase impossível do meu arqueiro ou a mexida estratégica do meu técnico no segundo tempo, eu tenho que exaltar o diretor que contratou o autor do gol, o vice-presidente que fez o planejamento, o presidente que escolheu o vice-presidente que contratou o diretor. Quando perde, não posso criticar, pois indiretamente estou “atingindo” a reputação dos célebres administradores do meu clube.

O rótulo, hoje tão impregnado em nossa sociedade chegou ao Flamengo. Você é Azul, Branco ou Verde, mas nunca flamengo. A necessidade de carimbar na testa de alguém uma cor independe do resultado. Quando ganha, “Cadê o pessoal que critica?”, quando perde, “Estão se aproveitando do momento para criticar”. Me resta ignorar as duas situações, pois a minha compreensão me fez ver que o Clube tem diversos setores e todos tem seus erros e acertos. Então, nada me impede de criticar e muito menos de elogiar. Quem me pauta são os fatos!

Acompanho a política do Flamengo desde 2011 e eu cheguei a uma constatação: Não vou militar nela! Pelo menos esse é o pensamento hoje! Não sou ligado a chapas, grupos políticos ou a candidatos. As minhas relações com quem participa da política quando há é estritamente pessoal e não por ideologia. O que nos aproxima é o Flamengo! Acho que para todos!

A internet e mais precisamente as Redes Sociais estão inundadas de fakes, opiniões sem rosto, mas com cor! Cor de chapa! Ideologia! Eles estão aí e falando de mim, me dão os mais baixos adjetivos, mas se preocupam com o conteúdo que crio e ainda me seguem. Eu sigo e consumo conteúdo com qualidade e até mesmo conteúdo com o qual não concordo! Essa tentativa de me desqualificar só me fortalece dentro do espaço que cubro que é a política. Tenho abertura em todas correntes no Flamengo e me orgulho disso! A pluralidade de ideias me fazem ver além do meu horizonte, eu aprendo com quem pensa A, B e C. A singularidade muitas vezes é um defeito seja para um administrador ou para quem o apoia.

Gosto do termo “isentão”, pois lendo o dicionário, me enquadro nele em diversos aspectos: “adj. Dispensado; que não possui obrigação de fazer alguma coisa.
Neutro; que demonstra imparcialidade; que é justo: texto isento de julgamentos“. Eu não julgo pessoas ou chapas, mas suas ações. Sejam como gestores ou como possíveis gestores.

Então, você querendo ou não, vai ter que aceitar, não só as minhas, mas de quem quer que faça! Pois a imprensa sempre esteve aí e muito mais se valendo da critica do que de elogios! E sempre fizeram! Colunas de opinião que hoje viraram blogs sempre existiram!

Poderia dizer que tal comportamento dos fakes e rotuladores é babaca! Soa agressivo, mas concordo que é! E nem me venha desqualificar, pois o termo babaca é bem leve diante de ser sempre direcionado ao orifício anal! De quem, eu não sei!

Ah, minha chapa é o Flamengo! Sempre será! O da arquibancada! Do campo! Do jogadores! Do povo!

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube: youtube.com/blogserflamengo

Comentários

7 thoughts on “Qual é a sua chapa?

  1. Você provocou componentes do grupo SoFla por eles terem feito um manifesto de reivindicações . Fez isso no tweeter .
    Dizer que essa sua atitide é de um isento não me parece adequado . Você se posicionou como um partidário .
    Não vejo nada demais ter preferências . O absurdo é escondê-las .
    Vou ser muito sincero com você . Na minha opniāo você se posiciona como isento para ter acesso as pessoas e favorecer o seu Blog ( aí está o benefício que você pediu para que eu citasse ) . Mas não existe golpe ( não me entenda mal ) perfeito . Ninguém consegue esconder as suas predileções por muito tempo . E muitos já sabem sobre você . Isso posso te assegurar .
    Meu caro , vou te dizer uma coisa . Não tem quem transite pelo mundo da política sem ser afetado por ela . Isso é da natureza humana . E , em se tratando de clube de futebol , ao se envolver com a política se perde a pureza de torcedor . As pessoas passam a ser tão ou mais importante que o clube . Isso é inevitável . E essa é a razão da sua lamentação sobre as cores azul , branca ou verde e não rubro-negra . E isso se multiplicou no Flamengo pela exteriorização da política do clube promovida pelos Blogs .
    Portanto , torcedor isento é aquele que não tem acesso ao que acontece dentro da Gávea . Do contrário , não é isento . Apenas se mostra ser para obter benefícios , os quais , no seu caso , é o livre acesso as pessoas para favorecer o seu Blog .
    É o que penso .

  2. Isento não é o que aparenta ser para obter algum benefício .
    Isento não tem predileção , não se posiciona pela frente de uma forma e por trás de outra , não provoca , desdenha ou incentiva o partidário ( de qualquer lado ) , enfim apóia e se opōe a quaisquer dos lados sem nem mesmo querer saber a que partido pertencem .
    Veja aí se você realmente é isento ou se precisa fazer parecer .

    1. Eduardo, enumere e relate quais benefício aparento obter. Sou isento no que refere a chapas, grupos, pessoas ou correntes políticas. Critico ações ou a falta dela e não as pessoas. Minha predileção é sempre o Flamengo e se tiver errado, admito, apoio aquilo que acho correto para o Flamengo. E em se tratando do Clube, sei onde cada pessoa se enquadra.

      Não preciso me fazer parecer, pois não tenho rabo preso com ninguém, assino o que escrevo e não uso fakes para me esconder.

      Abs.

  3. Meu caro , em suma , você está criticando quem te critica por criticar . É isso ?
    Você já reparou que todos que tem o hábito de criticar se comportam assim ? Experimente criticar um jornalista para ver o que acontece . Já vou te adiantar . Ele vira bicho . Te ofende , te bloqueia ou tenta depreciar a sua inteligência. Para ele a via é de mão-única . Ele foi formado assim . Não havia a tecnologia que permitisse o rebate.
    Só que a via não é mais de mão-única . Agora a pista é dupla . Vai e volta .
    O que acho engraçado é que quem se dispōe a escrever para o público , seja no jornal ou em blogs independentes , costuma dizer que o espaço é dele e que , portanto , escreve o que quer . Porém , isso só faz sentido se esse sujeito guardasse na gaveta , só para si , o que escreveu . Do contrário , ou seja , se ele escreve com o propósito de que mais pessoas leiam o que pensa , ele vai ter que se acostumar e aceitar as críticas , especialmente se o faz através da internet/redes sociais .
    Quanto a sua iniciação como rubro negro ( 94/95 ) eu o enquadro na “geração osso” , que é a que , como o nome diz , não comeu o filé . O único lampejo de glória rubro-negra dessa geração foi o fugaz título de 2009 , em que os Deuses , muito mais do que o time ou os dirigentes , conspiraram a favor . Por favor , não me fale nos títulos da Copa do Brasil ou Estaduais , pois esses até o Santo André e o Vasco já ganharam .
    Agora , o que é hilário é ver a “geração osso” dizer que quer o Flamengo dela de volta . Aí eu pergunto , qual , Zé Ruela ? O que não viu ? Se for até posso aceitar , mas se for o Flamengo que essa geração assistiu eu diria que só pode ser piada . Ou devaneio , sei lá .
    Ah , mas estamos nos referindo ao Flamengo da massa , do Maracanã lotado , do povão e dos desdentados , podem dizer os membros da “geração osso” . Aí eu posso até concordar , mas desde que as críticas não sejam direcionadas para a atual gestão , pois , afinal , que culpa ela tem de pegar o clube à beira da falência . Sim , falência , sim senhores . Ou alguém acha que não pagamos o R10 porque não quisemos ? Ou que sofremos cortes de energia , água e sofremos inúmeras penhoras porque gostamos de fortes emoções ? Que culpa tem a atual gestão do clube ter 120 anos sem casa ? Que culpa tem a atual gestão se transformaram o Maracanã num teatro de luxo , com mármores , assentos confiortáveis e espaçosos e espaços gourmet ? Que culpa tem a atual gestão se o Maracanã , outrora maior do mundo , já não é mais o maior nem do Brasil . Que culpa tem a atual gestão se o governo do estado entregou a administração do Maracanã para a iniciativa privada , para que esta dividisse com os clubes as rendas geradas por torcedores desses clubes ?
    Ah , não interessa . A diretoria precisa cobrar ingressos baratos . OK , realmente seria ótimo . Agora o que não podemos é querer isso e também um timaço . Sabem porque ? Porque para montar timaço precisa de muita grana.
    E para ter grana não dá para prescindir das receitas de bilheteria . Ah , mas se diminuir o preço pela metade vai ter o dobro de pessoas no estádio . Aí o resultado financeiro será o mesmo , podem dizer alguns . Pois eu diria que quem diz isso sofre de deficiência intelectual . Primeiro porque não há a certeza de que metade do preço resultará no dobro de pessoas nos estádios , e , em segundo lugar , o dobro de pessoas gera , também , o dobro ( ou quase isso ) de custo , fazendo com que a renda líquida seja muito menir . Ah , mas então vamos abrir mão do aspecto esportivo , desprezando a força da torcida – insistem os membros da “geração osso” – ? Nesse particular , a “geração osso” tem razão . Mas só até a página 12 , pois , afinal , será que a força da torcida ( partindo da questionável lógica do “metade do preço , dobro do público” ) será suficiente para suprir a impossibilidade de ter um timaço ? Lembrando que para ter o tal timaça há a necessidade do tal do dinheiro .
    Por fim , com os meus 56 anos de idade , e tendo assistido a muitas e muitas coisas de Flamengo , rogo para que não deixem de criticar . Isso se faz necessário . Mas , ao mesmo tempo , levantem as mãos para o céu e agradeçam a sorte que tivemos por contar com a honestidade e competência administrativa da atual gestão ( incluo os dissidentes – os da Chapa Verde ) , pois a continuar com o que vínhamos nos últimos 30 anos a situação do Botafogo seria tranquila se comparada com a que nós provavelmente estariamos ( talvez eu esteja exagando , mas nem tanto ) . Portanto , muita calma , e , acima de tudo , respeito com os nossos gestores , por mais que cometam alguns erros ( alguns até atribuídos injustamente a eles ) . Se houver justiça , esses gestores , passados esses anos de arrumacão da casa , terão que ser lembrados como os homens que recolocaram o Flamengo no degrau mais alto do pódio , e , dessa vez , mantida a qualidade administrativa , para nunca mais sair .

    1. Eduardo, bom dia! Respondendo a pergunta do primeiro parágrafo, a resposta é não. No texto não falo de criticas a qualidade do que produzo, mas a ofensas a minha pessoa, o que e completamente diferente. Sobre jornalistas, concordo com você, há muitos que não sabem lidar com as ferramentes que a internet nos dá hoje. Escrevo o que quero sim, aquilo que posso debater com fundamentos, argumentos e propriedades. O que jamais vou tolerar é ataques pessoais porque alguém atrás de um fake ficou chateadinho com o que escrevi. Debates de ideias é sempre saudável.

      Sobre seu terceiro parágrafo, não culpo a atual gestão por tudo, por não ter estádio, mas sim pelo discurso e pelas promessas. Com relação a preço de ingressos, penso que a gestão deve achar um equilibrio entre acampar todos os torcedores no estádio, mas hoje penso que isso só poderá ser feito com um estádio literalmente nosso. Não resolve ter 5.000 pagando R$ 80 quando poderia ter 50.000 pagando R$ 30, 40. Isso num grosso modo já que qualquer estádio tem diversos setores com preços variados. Timaço é relativo, pois o Barcelona tem timaço e nem por isso ganha todos os campeonatos todos os anos. O Flamengo contratou Guerrero, um dos melhores atacantes do país e nem por isso pode ser culpada pelos gols que perde. Ter timaço não é garantia de sucesso. Fosse assim, o “Ataque dos sonhos” seria sucesso e o time de 2000 também.

      Sobre a atual gestão, é a minha gestão. Torço para que façam o melhor, mas eles devem encontrar um equilibrio entre resultados esportivos e como falei antes, não é atrelado só a títulos com a gestão administrativa até mesmo para ter tranquilidade para trabalharem. O que eterniza qualquer um no clube de dirigente a jogador é títulos e bons resultados esportivos, pois mesmo que sejam um sucesso administrativo, haverá o “porém, no futebol não obteve o mesmo resultado”.

      1. Você realmente acha que um jogo pode variar de um público de 5 mil para 50 mil somente pela variável ” preço do ingresso ” ? Não se iluda . A maior atratividade ( apelo de público ) é a importância do jogo . E jogo só é importante quando se está disputando alguma coisa .
        Para o seu conhecimento , sou totalmente a favor dos estádios lotados , com pobres , riscos , almofadinhas e desdentados se misturando . Isso é Flamengo . Mas se há culpados por não termos mais isso , esses , certamente , não são os dirigentes do clube , pois , afinal , foram eles os responsáveis pela elitização das estruturas do Maracanã ? E quanto a responsabilidade de achar uma fórmula para ter os nossos torcedores menos favorecidos nos estádios , meu caro , é óbvio que quem está na gestào do clube tem que ter essa incumbência , mas você há de compreender que a missão é muito , mas muito difícil . Repito , são 120 anos sem estádio , sem contar as gestões irresponsáveis , que nos fizeram herdar uma dívida mostruosa , além de falta de credibilidade no mercado ( lembra ? ) .
        Quanto as promessas de campanha , com sinceridade , não sei quais não estão sendo cumpridas ( algumas em curso , é claro ) . Se você puder indicar talvez consigamos avançar na conversa com objetividade .
        E , para finalizar , timaço não significa , necessariamente , ser campeão , mas sim disputar como candidato ao título todas as competições . E isso tem que ser contínuo , e não esporádico . Só que , para isso , o clube precisa estar bem administrado e com as finanças em ordem , o que , convenhamos , está acontecendo .
        Você diz que acompanha futebol com afinco desde 1995 , certo ? Portanto só viu osso , certo ? Agora me diga , nesse seu curto período de torcedor ( de apenas 1 título expressivo ) , em algum momento você enxergou tantas perspectivas positivas de longo prazo como vê agora ? Se me disser que sim peço , encarecidamente , que me diga quando .
        Agora para finalizar mesmo . Se não puder ajudar , nào prejudique . Se tem algo a somar , o faça . Só deixe de lado , por enquanto , essa tentativa de desmoralizar ou desprestigiar a atual direção do nosso clube , pois isso , fora de hora , só ajuda a instalar o caos , que é tudo que os nossos adversários ( incluo a imprensa ) querem . Se nâo concordas com os atuais gestores vote contra nas próximas eleições . Isso é justo . Mas faça como se faz nas Escolas de Samba na Avenida . Ou seja , durante o desfile cante o samba e ajude a conquistar o título .

    2. Brilhante resposta. Concordo com absolutamente tudo e mais um pouco. Entretanto, pesa contra essa diretoria a falta de visão ou conhecimento sobre alguns aspectos do futebol e, talvez, errada mas para mim necessária, intervir ou escolher melhor em algumas questões.

      Vou tentar ser direto e sucinto.

      Jamais poderiam ter renovado com Sheik, principalmente diante do que ele mostrou nos últimos meses de 2015. Literalmente 400 mil reais jogados no lixo todo mês. Muricy foi outra questão totalmente controversa. Compraram um motorola tijolão em pleno 2016. Parece que não se preocuparam em assistir os jogos do SP em 2015, quando este deixou o clube. Simplesmente medonho, principalmente quando se tinha técnicos absolutamente mais competente e bem preparados para assumir um clube da envergadura do Flamengo.

      Agora, para piorar, estão insistindo no mesmo erro, hoje. Procuraram Abel (um cuspe na cara da Nação), do mesmo perfil que o defasado Muricy, deixando de lado bons nomes no mercado, estudados, atualizados e que já se mostraram competentes. Não quero rotular Zé Ricardo, ainda. Hoje será a sua prova de fogo. Até então não mostrou absolutamente NADA. Jogamos pior em praticamente todos jogos, jogando bem somente quando tínhamos um a mais. Até certo momento parece ter inflamado a defesa dos jogadores pelo mesmo motivo do Andrade, parecer um coitado manso. Estou certo ? Nem eu sei, mas hoje começa-se a desenhar se tenho razão sobre minhas observações ou não. Diante de como o time vem jogando, suas escalações e substituições, não me inspira muitasa coisas até então. Tomara que eu esteja errado.

      A contratação de Fernandinho me parece caminhar para o mesmo caminho mas prefiro não pontuar nada, também, ainda. Na minha visão é um Nixon que ganha mais. Tinha necessidade ? Junta 250k de Fernandinho, 400 de Sheik, e mais alguns que nada valem, contrata-se ótimos jogadores que realmente contribuiriam tecnicamente no time.

      Enfim, não quero me alongar muito, mas são episódios que retratam bem o que eu quis dizer. Não sei de onde vem tanta lambança. Se é liberdade demais para Rodrigo Caetano, total falta de visão de Godinho (responsável direto por Muricy), ou falta de atitude de EBM de mostrar pulso, caso tenha mais visão (não me parece pois morria de amores por Muricy), e não permitir essas mazelas no futebol.

      Por fim, concordo com tudo, absolutamente tudo do seu post anterior e dos demais, logo abaixo. Questão de estádio, passando pela limitação da qualidade de elenco em virtude da herança financeira maldita e por aí vai. Reflete bem como chegamos no fundo do poço e como, sabiamente, estamos saindo dele, por intermédio da voluntariedade de pessoas bravas que abdicaram de horas do seu lazer e do convívio de suas famílias para resgatar nosso tão amado clube, mesmo aprendo a amá-lo na geração osso ou um pouco antes dela (em 92 eu já havia firmado compromisso com o Mais Querido e, para mim, foi o título mais representativo nessa caminhada junto ao clube). Mas repito, estão errando muito no futebol, muito, e com erros crassos, injustificáveis no meu ponto de vista. SRN

Comments are closed.