Qual técnico você gostaria no Flamengo?

Bom, essa é uma pergunta que tem sido bastante recorrente. Por motivos óbvios: o Flamengo precisa decidir imediatamente para prosseguir na temporada.

Há várias opções no mercado, sempre há. Algum nome me agrada? Não. Sabe o que significa? Nada.

Aí entramos num paradoxo: precisamos de um treinador, nenhum agrada. Posso ser o Tite? Não, é um sonho muito distante. O Renato Gaúcho já disse que não vem, então, pra mim, é resto.

Quando digo “resto” não significa que acho as opções ruins, até porque Felipão (um dos nomes cogitados), por exemplo, nunca será um técnico ruim, né verdade? Ou vai, sei lá.

Permita-me reformular à pergunta: qual técnico teria a cara do Flamengo? Aí eu posso afirmar veementemente: não sei. Porque esbarra numa outra questão: qual é a cara do Flamengo hoje? Não sei também.

Ando dando palpites errados e a desilusões são grandes. Apoiei o Zé Ricardo até o final mas, hoje, percebo que insistiram muito com ele.

Rueda, em um determinado momento, teve meu apoio incondicional, afinal, seria o fim de uma panela que se desenhava. Bom, sabemos o que aconteceu depois.

Veio o Carpegiani, campeão do mundo, e já chegou mudando o esquema tático… agora vai… não foi… desculpa, foi… foi embora tarde.

Nem quero citar minha euforia com alguns jogadores que decepcionaram, prefiro colocar a cabeça dentro de um buraco como um avestruz .

É meus amigos, falar sobre Flamengo virou uma tarefa deveras complicada, cheias de complexidades e frustrações.

Posso reformular a pergunta novamente?

Será que existe algum técnico que dê jeito nesse time?

Se alguém conseguir desvendar esse mistério, por favor me explique.

Confuso né? É, porque atualmente eu não sei o que quero pro time, todavia, tenho certeza do que não quero.

Bjs do Rei

Inscreva-se no canal Reikrauss
Curta a página Detorcedorpratorcedor
Siga no twitter e no insta @Reikrauss

+Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion

Comentários