Retrospectiva 2013: Saída de Mano, tricampeão da Copa do Brasil e o caminho da Libertadores

Após a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, o Flamengo continuava patinando no Campeonato Brasileiro. Quem não se lembra do lance do goleiro Lauro da Portuguesa que empatou a partida com um gol de cabeça no finzinho? E a saída um tanto estranha de Mano Menezes após a derrota contra o Atlético-PR em pleno Maracanã (Mano foi e levou nossa paciência)?
Jayme de Almeida assumiu a equipe do Flamengo e foi dando cara a um elenco que era fadado ao fracasso no ano que se findava. A cada adversário na Copa do Brasil, o Flamengo nunca era dado como o favorito. Assim foi contra o Botafogo, adversário das quartas de final. O primeiro jogo, nós empatamos em 1 x 1, mas o segundo foi uma goleada no campo e na arquibancada. Um 4 x 0 impiedoso com direito a três gols de Hernane (Qualquer semelhança não é mera coincidência).
Nas semifinais mais uma vez fomos dados como derrotados pela imprensa e por Walter, atacante do Goiás que disse que deitaria e rolaria no Maracanã. No jogo de ida vencemos por 2 x 1 com gols de Paulinho e Chicão. No Maracanã mesmo saindo perdendo, conseguimos a virada com gols de Hernane e Elias que sofria com a internação do seu filho com pneumonia. A torcida fez uma bela homenagem a Davi e o Flamengo foi a final da Copa do Brasil (Davi, essa classificação é pra você). 
Na final, a precificação que o Flamengo fez para os ingressos foi absurda cobrando nada menos que R$ 250,00 pelo ingresso mais barato para o jogo de volta da final contra o Atlético-PR (Silêncio na favela). A discussão em torno do assunto foi grande chegando até as Deputados Cidinha Campos e Marcelo Freixo a entrarem no circuito e acionaram o PROCON/RJ e o Ministério público que agiram arbitrariamente chegando a prender um funcionário do Flamengo (Discussão na favela). Fato é que nada aconteceu ao Flamengo e antes do primeiro jogo da final, a diretoria já tinha vendido quase todos os ingressos. O jogo em Curitiba foi 1 x 1 após sairmos perdendo.
No domingo que antecedeu a final, o Flamengo venceu o Corinthians no Maracanã por 1 x 0 deixando qualquer possibilidade de rebaixamento nula (Essa taça vamos conquistar).
Chegou o grande dia da final (O dia depois de amanhã). O Rio de Janeiro e o Brasil estavam tomados pelo preto e vermelho. Ansiedade em todos os torcedores antes da partida. O jogo foi duro e os gols do Flamengo só aconteceram no final do jogo com Elias e Hernane. Flamengo tricampeão da Copa do Brasil e passaporte para a Libertadores confirmado (Noite inesquecível).
O ano continuou e o Flamengo lançou o projeto de captação de recursos para os Esportes Olímpicos, o Anjo da Guarda Rubro Negro (Vamos ser anjos da guarda e ajudar o Flamengo?). Como divulgado esse ano, o projeto parece ter atingido o seu objetivo em quase todos os esportes apesar do pouco tempo de arrecadação. Parabéns a diretoria e ao Alexandre Póvoa pelo trabalho!
Enquanto o Fluminense tentava no tapetão derrubar o Flamengo e a Portuguesa pela escalação de André Santos e Everton respectivamente na última rodada do Campeonato Brasileiro (Uma decisão moral e Lista de vexames), o Flamengo acompanhava o sorteio para saber o seu caminho rumo ao titulo de bicampeão da Libertadores (O caminho da Libertadores). Na primeira fase teremos o Bolívar (BOL), Emelec (EQU) e León (MEX). O Flamengo apresentou ainda o meio campista Everton que já teve uma passagem pelo Clube em 2009 e estava no Atlético-PR.
Fica aí a sensação de que tivemos um ano razoável. Um título de expressão no campo com erros e acertos bem como na administração do Clube. A esperança é que 2014 seja bem melhor!!!

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários