Série – 100 anos de Fla x Flu – O primeiro Fla x Flu da história

O primeiro Fla x Flu da história ocorreu no dia 07 d e julho de 1912 muito antes de se tornar Fla x Flu. Na época em que uma vitória valia dois pontos, o Flamengo era naquele momento no Campeonato Carioca (antiga Liga Metropolitana), o segundo colocado com seis pontos ganhos, vinte e nove gols marcados e onze gols sofridos. O Fluminense ocupava a sexta colocação com três pontos ganhos, dois gols marcados e sete gols sofridos. O campeonato era liderado pelo Paysandu que tinha dez pontos ganhos.

Mesmo sendo o primeiro jogo entre as equipes, o confronto ganhava contornos de rivalidade por conta da base do Flamengo ter saído do Fluminense após desentendimento entre a comissão técnica tricolor e os jogadores no ano anterior. Os jornais da época davam mais espaços a outros esportes como o remo e o turfe, mas o Fla x Flu teve seu destaque como noticiou o Correio da Manhã: “Fluminense Foot-ball Club versus Flamengo” chamava a matéria para completar: “São disputadas hoje no ground da Rua Guanabara, as provas mais importantes da Liga Metropolitana, entre primeiros e segundos teams, devido a grande rivalidade entre jogadores”. Além do Correio da Manhã, os jornais A Imprensa e o Jornal do Commércio também deram destaque à partida.


Na época era comum ocorrer antes dos jogos do primeiro time, uma espécie de preliminar com os segundos times. Na primeira partida do dia entre os aspirantes, o Flamengo aplicou uma humilhante goleada de 7 x 1. Para o jogo principal, assim estavam escalados Fluminense e Flamengo naquela tarde nas Laranjeiras: Fluminense: Lapor, Bello e Maia; Leal, Mutz e Pernambuco; J. Calvert, E. Calvert, Behrmann, Bartholomeu e Oswaldo. Flamengo: Otto Baena, Píndaro e Nery; Cintra, Gilberto e Gallo; Bahiano, Arnaldo, Amarante, Gustavo e Borgerth.

Às quatro da tarde, o Fluminense deu saídae com um minuto de jogo fez 1 x 0 com James Calvert após receber, driblar seu marcador e finalizar com perfeição. O Flamengo não se entregou e três minutos depois, Arnaldo recebeu no meio, driblou a defesa tricolor e com um chute enviesado empata a partida. Fluminense 1x 1 Flamengo.

O jogo continuou movimentado. O Fluminense ataca, mas Gallo salva o Flamengo de levar o segundo. O Flamengo responde com Borgerth em chute defendido por Laport. O Flamengo continua acreditando na virada, tanto que duas jogadas ofensivas são paradas por impedimentos; uma com Borgerth e outra com Arnaldo. O Fluminense voltou a assustar com Mutz que deu a impressão de ter entrado. O primeiro tempo termina com jogadas ríspidas além de boa movimentação ofensiva dos dois times.

O segundo tempo começou assim como terminara a primeira etapa, com movimentações ofensivas de ambas as equipes. O Flamengo em boa combinação de seu ataque chega com perigo, mas a zaga do Fluminense afasta. Aos doze minutos, em um ataque do Fluminense, Cintra toca a mão na bola, é punido e o juiz marca falta a favor do Fluminense. James Calvert bate bem, Baena falha e o Fluminense fica novamente a frente do placar.

O Flamengo não desiste e Gilberto quase marca para o Flamengo. Num lance seguinte, Arnaldo parte do meio de campo, dribla vários jogadores do Fluminense e chuta a gol. A torcida Rubro-Negra comemora, mas a bola não entra. Como as redes das Laranjeiras eram muito esticadas, deu a impressão de que a bola tinha batido na rede e voltado ao campo. Sem a certeza no lance, o juiz não valida a jogada. O Flamengo continua atacando e mais uma vez Arnaldo chuta para nova defesa de Laport. O Fluminense assusta com Oswaldo, mas Baena defende.

Bem superior naquele momento, os atacantes do Flamengo obrigaram Laport a fazer grandes defesas. Ainda tem o lance em que Píndaro dá um violento chute do meio campo que explode no travessão. Faltando somente cinco minutos para acabar a partida, Píndaro recebe na frente, domina e chuta para vencer Laport e empatar a partida. Fluminense 2 x 2 Flamengo. Quando o jogo parecia caminhar para o empate, O Fluminense ataca pela esquerda. James Calvert chuta, a bola passa por toda zaga do Flamengo e sobra com Bartholomeu que não perdoa e coloca o Fluminense novamente em vantagem. Fluminense 3 x 2 Flamengo. Festa na Social Tricolor, delírio que se apoderou até de alguns torcedores que invadiram o campo. Logo em seguida foi terminada a partida. A primeira do hoje centenário Fla x Flu.

No dia 08 julho, dia seguinte a partida, o Gazeta de Notícias publicou: “Fluminense versus Flamengo: conforme fôra anunciado, realizou-se hontem o esperado match (…). O jogo foi dos melhores a que temos assistido e, com surpresa geral, o Fluminense derrubou o seu competidor por 3 goals e 2 (…). O Flamengo não esteve nos seus melhores dias, tendo o seu jogo, em conjunto, deixado muito a desejar. O ataque não foi dos melhores e erros que, as continuas modificações que relle se operaram, foram mais prejudiciaes do que aproveitáveis; mencionamos, todavia, Arnaldo, que muito esforçou-se (…).

Como o Gazeta, vários outros jornais também noticiaram sobre a partida. Imprensa, o Jornal do Commércio, O Paiz e o Jornal do Brasil deram destaque a partida em seus noticiários. Com a goleada do América sobre o Mangueira por 7 x 2, o Flamengo perdeu a segunda colocação na Liga Metropolitana.

O histórico jogo terminou com o revés do Flamengo, mas vale ressaltar que ao longo desses cem anos, o Flamengo mesmo iniciando a disputa do Campeonato Carioca (antiga Liga Metropolitana) depois do Fluminense, ostenta hoje a hegemonia de títulos no Rio de Janeiro: 32 a 31 títulos e que hoje ostenta também um saldo de quinze vitórias contra o Fluminense. E a história continua!

Fonte de pesquisa: Livro “Uma viagem a 1912” de Marcelo Abinader.

Ps.: O textos citados dos jornais da época, está escrito respeitando o português da época.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio das Laranjeiras, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Frank Robinson
Público: 800 pessoas
Gols: Edward Calvert 1’/1ºT (1-0), Arnaldo 4’/1ºT (1-1), James Calvert 12’/2ºT (2-1), Píndaro 25’/2ºT (2-2) e Bartô 27’/2ºT (3-2)

FLUMINENSE: Laport, Belo e Maia; Leal, Mutzembecker e Pernambuco; Osvaldo, Bartô, Behrmann, Edward Calvert e James Calvert.

FLAMENGO: Baena, Píndaro e Nery; Cintra, Gilberto e Galo; Orlando, Arnaldo, Borghert, Gustavo e Amarante.

 

Acompanhe a série:

Apresentação da série – 100 anos de Fla x Flu

Pré-jogo do primeiro Fla x Flu do centenário

Série – 100 anos de Fla x Flu – O primeiro Fla x Flu da história

Série – 100 anos de Fla x Flu – O primeiro Fla x Flu do centenário

Série – 100 anos de Fla x Flu – Flamengo 2 x 2 Fluminense – 1941 – O Fla x Flu da Lagoa

Série – 100 anos de Fla x Flu – Flamengo 7 x 0 Fluminense – A maior goleada do clássico

Série – 100 anos de Fla x Flu – Flamengo 0 x 0 Fluminense – O maior público do futebol brasileiro

Flamengo 1 x 0 Fluminense – Fla x Flu das Diretas

Flamengo 5 x 0 Fluminense – Despedida de Zico

Flamengo 4 x 2 Fluminense – Final do Carioca de 1991

Flamengo 2 x 3 Fluminense – Final do Carioca de 1995

Flamengo 4 x 3 Fluminense – Taça Guanabara de 2004

Fluminense 2 x 3 Flamengo – Final da Taça Guanabara de 2004  

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Twitter: @poetatulio 

Curta a nossa Fanpage: Blog Ser Flamengo
Comentários

No Comments

Leave a Comment