Sou fanático, porém, não sou cego!

Eu sinceramente não sei como começar, nem como fazer esse pós-jogo de hoje. Que na verdade, como vocês já perceberam, não será um tradicional pós-jogo. Eu estou até agora tentando administrar a merda calamidade que foi o jogo de ontem. E estou até agora me perguntando: Porque diabos o Flamengo não consegue segurar uma vitória?

Perguntas são muitas, respostas é que faltam. Pra muitos, é drama da minha parte. Mas, na hora que saiu o gol do Emelec, o terceiro de pênalti, eu chorei em frente a tv. Levei as mãos á cabeça e pensei na mesma hora: “Estamos eliminados de novo!” O mesmo filme que passou em 2010, a mesma história, o mesmo drama, a mesma angústia, está toda se recaindo agora sobre mim. E acredito, que sobre vocês também.

Falar do Ronaldinho? Pra que? Eu simplesmente desisti de perder meu tempo com ele. Sou ciente de que em todo ou quase todo jogo, o Flamengo entra com 1 a menos em campo. É inadmissível um jogador do porte dele, da capacidade de habilidade que ele tem, simplesmente ser um ZÉ NINGUÉM dentro de campo. Não marca, não corre, não ajuda, não faz nada. É um nulo em campo. Braçadeira de capitão pra que? Não tem o mínimo espírito de liderança. Não sabe se impor dentro de campo. Já vimos por diversas vezes, ele entrar em campo, sair cumprimentando um a um os jogadores, com peitadas no sentido de: “Vamos lá galera. Esse jogo é nosso.” Pra que fazer isso, se na prática sempre deixa a desejar. Sempre é um nulo em campo e nunca faz nada pra ajudar isso.

Lembro sempre de uma frase do Angelim: “Se eu não estou rendendo, peço pro técnico pra ser banco no jogo. É melhor pro time alguém que possa render mais que eu. Se o treinador mandar eu ir lá pra torcida organizada, torcer com o pessoal, eu vou. Porque eu não tenho vaidade. Minha vaidade é ver o Flamengo ganhar.” Angelim disse isso e emocionou ao concluir a frase. Isso sim é rubro-negro. Uma pena que não teve perna pra aguentar mais um tempo.

Amigos, desculpem mesmo, se eu falei, falei, falei e não falei nada ao mesmo tempo. É que eu simplesmente não consegui dormir direito pensando em tudo. Eu realmente não estava e não estou com cabeça pra fazer um pós-jogo digno da forma como vocês merecem. Mas faço um pedido a todos vocês.. Não deixem de acreditar. O que falta pra esses caras (único que eu tiro dessa conversa é o Love) é vergonha na cara. Mas acima de tudo, não deixem de acreditar. Lembrem que isso aqui é Flamengo! Vai ser teste pra cardíaco, porque o jogo do Olimpia contra o Emelec, na semana que vem, será EXATAMENTE na mesma hora do nosso jogo contra o Lanús. Ou seja, vai ser agonia total em 90 minutos de jogo.
Pra vocês, se quiserem, é claro, deixo aqui embaixo o vídeo dos gols e melhores momentos do jogo.
E que São Judas Tadeu nos abençoe na semana que vem. (Pobre de você se acha que eu tenso por causa do Vasco.)
Twitter: @43germano

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog ser Flamengo

Comentários