Tabu sulista mantido.

O que prometia ser um show de horrores, acabou não sendo. Mas Grêmio e Flamengo fizeram um jogo morno e o tabu segue mantido: o Flamengo não vence o Grêmio no Rio Grande do Sul desde 19/11/1994, quando Nélio fez o gol da vitória por 1 a 0.

Com ambas as equipes no 4-4-2, Luxemburgo mandou seu time assim, para enfrentar o Grêmio de Luiz Felipe Scolari: César; Anderson Pico, Marcelo, Erazo e João Paulo; Amaral, Muralha, Luiz Antônio e Lucas Mugni; Arthur e Elton. Apenas cumprindo tabela e com a chance de uma última análise sobre seu material humano, Luxemburgo deu férias aos titulares, e mandou a campo um time completamente reserva – à exceção de João Paulo.

O primeiro e o segundo tempo foram bem parecidos. O Flamengo iniciou o jogo com certo domínio e tendo mais a bola. Aos 31 minutos do primeiro tempo, Luiz Antônio driblou Zé Roberto e chutou cruzado. A bola desviou em Bressan e enganou Marcelo Grohe. Placar aberto na Arena do Grêmio.

O Grêmio pouco tentava e só conseguiu uma finalização com Barcos. Enquanto o Flamengo chegou mais uma vez ao ataque com Anderson Pico fazendo fila e chutando da entrada da área.

No retorno ao segundo tempo, algo desagradável. Aos 11 minutos, Barcos é lançado e se choca com César, que é expulso. Daniel entra em seu lugar e na cobrança de Luan toma o empate. A partir daí o jogo resumiu-se em toques pra lá e pra cá. O Grêmio ainda chegou duas vezes com Felipe Bastos, mas nada aconteceu e com o fim do jogo, também o fim do campeonato e da temporada para ambos.

O Flamengo encerra a temporada na 10ª posição com 52 pontos e de forma chata. Chata porque o time sabia que poderia ter feito mais e finaliza 2014 tendo que se contentar com um título estadual à duras penas. A atual gestão nos empurra para um futuro melhor, mais decente e com mais sonhos próximos da realidade. Dois mil e quinze ainda não será o ano da “fartura” futebolística, mas pode ser um ano melhor que 2014. Há de se aguardar, há de se torcer!

Twitter: @43Germano

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários