Tchau Luxa, bem-vindo Papai Joel!

Luxa não caiu! Derrubou-se! Luxemburgo não foi demitido! Demitiu-se! Luxemburgo não foi fritado! Fritou-se! Inicio falando da saída do Luxemburgo deixando bem claro que ele não sai por causa dos resultados, mas por causa da crise que ele ajudou a instalar dentro da Gávea. Luxemburgo ficou pouco mais de uma ano a frente do Flamengo e só perdeu quatorze vezes.

A sua teimosia e prepotência prevaleceu mais que sua qualidade como treinador. Aliás, Luxemburgo depois que deixou de ser só treinador para ser dirigente, agenciar carreira de jogador nos Clubes por onde passou, nunca mais conseguiu obter grandes conquistas.

Acredito que será bom no momento a vinda de Joel Santana. Diferente de Joel, Luxemburgo não tinha mais espaço nos setores do Clube, inclusive na relação desgastada com seus jogadores. Um dos grandes motivos que resultaram para sua saída, foi o rompimento com Ronaldinho. O mesmo que aconteceu em 1995 entre ele e Romário. Dessa história eu me lembro muito bem.

A forma como Patrícia Amorim conduziu essa história é que não concordo em nada. Antes do jogo contra o Real Potosí, falou que o técnico tinha grande possibilidade de sair. Depois do jogo, falou que o técnico ficaria e não havia dado tais declarações. No dia seguinte de repente, anuncia o que todo mundo sabia: A demissão de Vanderelei Luxemburgo. Incrível que até quando ela pode fazer algo de bom ao futebol do Clube, ela faz de forma errada. Cadê a ética que Patrícia cobrou do presidente do Fluminense? Ficou feio demais como a situação foi conduzida e o pior é que o nome FLAMENGO vai a frente disso tudo.

Papai Joel chega com a missão de amenizar o clima no ambiente e para arrumar o  time em busca do Bi da Libertadores. Lanús, Olimpia e Emelec serão nossos adversários na fase de grupos.Que a saída de Luxemburgo e chegada de Joel seja bom para o personagem mais importante dessa história: O FLAMENGO!!!

Bem-vindo Papai Joel!!!!

Tulio Rodrigues

 

Twitter: @poetatulio

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo 

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários

1 Comment

  • Déjà vu | Blog Ser Flamengo 12 de maio de 2014 at 23:45

    […] É normal a demissão de um técnico, de um jogador e até mesmo de um dirigente. Isso ocorre no futebol todos os dias. O que é anormal é quem discursa com orgulho o profissionalismo e agem justamente igual aquém eles tanto apontaram como a figura do atraso. Lembram da demissão do Vanderlei Luxemburgo em 2012? Lembram de como Patrícia conduziu o caso? E praticamente igual ao que foi feito com Jayme, Falei sobre o caso na época (Tchau Luxa, bem-vindo Papai Joel): […]

    Reply

Leave a Comment