Um feijãozinho com arroz

É Nação, vencemos, mas vencemos na conta do chá! Jogamos um futebol feijão com arroz como disse Luxemburgo, mas foi um feijão com arroz sem sal. Se a partida terminasse empatada, não seria injusto pelo futebol apresentado pelas duas equipes. Foi um jogo pegado, brigado, duro e com lampejos de bom futebol. Quando tivemos boas chances para marcar, a bola insistia em não entrar e quando o Inter-RS teve as suas, Felipe mostrou porque deve ser mantido no elenco para o próximo ano.
Luxemburgo colocou Alvim no lugar de Junior César, suspenso e não ousou inventar, o que para mim é válido por não mudar muito o modo da equipe jogar. Fierro foi a novidade e mesmo que tenha mostrado pouco futebol, não lhe sobrou Raça e vontade em campo. Outra surpresa foi o Thomás que não comprometeu, até foi bem e a ausência de Deivid. O Flamengo jogou sem um centroavante fixo na área, o que às vezes era prejudicial. Em alguns contra-ataques, ficavámos sem opção na área. O jogador mais adiantado era Ronaldinho, mas como o dentuço voltava demais ao meio, deixou claro que essa referência na área fez falta. Ronaldinho não é esse homem.
Os resultados da rodada não poderiam ter sido melhores, todos tropeçaram diante de seus rivais. Ficamos agora a um empate da Libertadores-12. Lembrando que o quinto colocado vai disputar a pré-Libertadores. Para garantir uma vaga na fase de grupos sem se preocupar com outros resultados, o Fla tem que fazer a sua parte vencendo o próximo jogo. A grande surpresa da rodada foi o Coritiba que venceu e entrou no G-5. Se o Flamengo vencer e o Fluminense perder para o Botafogo, podemos chegar ao terceiro lugar.
Agora é preparar bem o time para o último jogo! Sei que não estamos mais brigando por título, mas a partida se tornou especial por vários fatores, motivos para vencer não faltam e os jogadores sabem disso! É claro que alcançar um terceiro lugar no Campeonato Brasileiro e uma vaga na Libertadores é muito pouco para o Flamengo, poderíamos estar brigando pelo título, concerteza!

É fato que o futebol apresentado domingo ainda é muito aquém do futebol que já apresentamos e do futebol que vamos ter que apresentar para vencer o próximo jogo. Para mim, o melhor jogador do jogo contra o Internacional foi o Felipe. O nosso Paredão fez defesas importantes e uma foi à queima-roupa. Ronaldinho melhorou com relação a suas atuações em jogos anteriores. Fez o gol, mas ainda deve. Thiago Neves se entregou bastante, ajudou na defesa, mas também pode melhorar. Outra atuação que me chamou atenção foi a do Renato. Como erra passes. Alguns acabaram virando jogadas perigosas do Internacional.

Essa semana é o início de um novo capítulo na história do Flamengo. É salutar uma renovação no elenco, não tem jeito! Temos deficiências que foram bem nitidas nesse Campeonato. É hora de se planejar com inteligência, prudência e sabedoria. Precisamos de algumas peças, pois a base do elenco é boa. Uma mescla de juventude e experiência será fundamental para o próximo ano.

Vencendo esse jogo que nos resta, podemos nos preparar para que o próximo ano seja bem melhor que esse e quem sabe o segundo melhor ano de nossas vidas!

SRN!!!

Tulio Rodrigues

Twitter: @poetatulio

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo 

Curta nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários