Universidad de Chile 1 x 0 Flamengo – Sulamericana 2011

Flamengo jogou como Flamengo. Mostrou raça, vontade e disposição. Mas se não foi, é porque não era pra ser.

Flamengo veio num 3-5-2 com: Paulo Victor; Gustavo, David Braz, Angelim; Willians, Maldonado, Alvim, Fierro, Vander; Negueba, Jael.

Universidad de Chile veio num 4-4-2 com: Jhonny Herrera; Matías Rodríguez, Osvaldo González, Marcos González, José Rojas; Charles Aránguiz, Marcelo Díaz, Mena, Vargas; Lorenzetti, Gallegos.

Estatísticas da Partida:

Gol(s): Marcelo Díaz. (Universidad de Chile)

Cartões Amarelos: Canales, Marcos González, Matías Rodríguez. (Universidad de Chile) Jael, Gustavo, Angelim, Willians, Vander. (Flamengo)

Arbitragem: Carlos Amarilla.

Análise do Germano:

Os primeiros minutos foram de animação e entrega por parte do Flamengo. O time parecia disposto a tentar reverter a imensa vantagem do adversário (4 a 0 no Engenhão, semana passada).

Negueba começou os trabalhos com uma arrancada que acabou num escanteio. Vander pedalou, gingou, cortou o adversário e bateu fraquinho nas mãos de Jhonny Herrera.

Infelizmente, os caras não mudaram seu ritmo de jogo. E aos 22, Marcelo Díaz pegou na veia, uma bola espirrada na entrada da área defensiva do Flamengo. Bola no ângulo de Paulo Victor, que nada pôde fazer. 1 a 0 Universidad.

O gol não serviu para acordar o Flamengo. Tanto é que só teve uma boa chance antes do intervalo. Willians, rouba bola na defesa da Universidad, avança 1 metro e bate com força pro gol. Pena que foi pra fora.

Foi o que ele, melhor fez em todo o jogo. Já que furou duas bolas bisonhamente. Nas duas vezes seguidas que tentou chutá-las pra fora, tocou-a com o pé de apoio. Ato que o atrapalhou nas duas tentativas.

Fim de primeira etapa. Almas pro vestiário.

Na volta, Luxa mexe. Diego Maurício entrou na vaga de Negueba. E Galhardo na de Vander.

A vantagem era tamanha que os caras nem esboçavam sentimento de tentar fazer mais gols. Aos 20, Luxa encerrou sua cota de trocas. Colocou Léo Moura na vaga de Willians. O jogo, pouco mudou.

Só aos 30, o Flamengo incomodou de verdade. Angelim recebe ótima bola após escanteio e perde 3 ótimas chances para empatar o jogo.

Depois Galhardo também tentou, parou em Jhonny Herrera.

Perto do fim do jogo, em disputa com Canales, Gustavo bate cabeça com o jogador da Universidad e cai desacordado. Felizmente nada de grave aconteceu.

Mas ficou nisso mesmo. 1 a 0 Universidad, e Flamengo fora da Sulamericana.

E coitado de quem pensa que to triste com isso. Prefiro entrar pra Libertadores pela porta de frente. Coisa de time grande, sabe?! Pois é. Foda-se Sulamericana. Agora vamo com tudo atrás do que é nosso, do que tem que ser nosso. Vamo atrás desse HEPTA tão sonhado por todos nós. O Vasco ontem goleou, 8 a 3, meus parabéns. E azar deles que agora, irão ter 2 competições e a jogar. Irão ficar sobrecarregados e poderão ver o Fuderosão Supremo de todas as galáxias, avançar, ultrapassar e levar o caneco mais uma vez. E poderão também ouvir aquele grito nas arquibas, que vocês viceínos conhecem muito bem.. Como é mesmo, Vices? “Ôh ooh oooohh, Viceee de novooo.” haha Obrigado a todos os rubro-negros, aos vices e aos demais torcedores. Até a próxima se Deus quiser.

SRN

Gols da partida:

Twitter: @Germano_CRF

Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Nosso perfil no Facebook: Ser Flamengo
Comentários