Valeu pelos três pontos



Não adianta tentar me enganar, pois ao contrário do que disse o Renato Abreu, eu não sou otário! Não consegui enxergar tantos acertos individuais e nem mesmo coletivamente do Flamengo. Vaias fazem parte e um jogador experiente com ele deveria saber lidar com elas e não sair falando besteira na imprensa dizendo que o torcedor é otário!
Agora me dirigindo ao Joel: Quem falou que nós gostamos de vitórias sofridas? Gostamos do nosso time jogando com Raça sempre e não de vitórias sofridas e com a equipe jogando mal. Não nos compare a uma determinada torcida paulista! Quem gosta de sofrer é masoquista e a torcida do Flamengo é inteligente, gosta de futebol alegre que lhe proporcione muita felicidade e não sofrimento!
Falando agora especificamente do jogo, valeu pelos três pontos com mais uma vitória em casa. Apesar de o Flamengo ter ficado com mais posse de bola, mostrou pouca objetividade. O Santos veio com a clara missão de não levar gols e tentar sair com pelo menos um ponto fora de casa. O time da Vila montou um ferrolho na defesa, congestionou o meio de campo e só saia nos contra ataques. Não foi raro ver o Santos muita vezes com todos seus jogadores no campo de defesa.
Com a tática de congestionar o meio de campo, o que impossibilita mais ainda do Flamengo criar, o Santos nos proporcionava espaços generosos pelos lados e muito mais pela direita. Algumas de nossas melhores oportunidades saíram pelas laterais, embora fosse claro, o baixo acerto nos cruzamentos à área. Diego Mauricio que jogou mais aberto pela esquerda, não soube aproveitar os espaços e pouco foi efetivo na sua função errando quase tudo que tentou.
Com a entrada de Bottinelli, o time ganhou em passes de profundidade, o que não ocorre com o meio formado por Joel. Ibson é um ótimo segundo volante e não um meia armador. Não estou dizendo aqui que o Bottinelli seja a solução, mas é o único que pode pensar, armar e criar como um meia, que é o que nós precisamos!
Quando a coisa parecia caminhar para o empate sem gols e o Santos acreditava que dava para vencer, veio o pênalti aos quarenta minutos do segundo tempo para o Flamengo! Quem vai bater? Bottinelli pediu a bola e mesmo sob uma enorme vaia, cobrou bem com personalidade para nos garantir mais três pontos na tabela. Ponto final!!!
PS.: Fui ao jogo e tive a oportunidade de filmar da arquibancada o gol de penalti do Bottinelli. Sente só a emoção que é comemorar um gol do Flamengo dentro do estádio:


Twitter: @poetatulio

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários

No Comments

Leave a Comment