Vencedora do Jabuti, Daniela Arbex lança livro sobre a tragédia do Ninho do Urubu no Rio

Nesta segunda (05), às 19 horas, a premiada jornalista Daniela Arbex, lança o livro “Longe do ninho: Uma investigação do incêndio que deu fim ao sonho de dez jovens promessas do Flamengo de se tornarem ídolos no seu pais do futebol“. O evento acontecerá na Livraria da Travessa, no Shopping Leblon.

Daniela conversou com todas as famílias, sobreviventes, peritos e ainda obteve e-mails e laudos que ainda não foram divulgados. Segundo a editora Intríseca, “com informações exclusivas, este livro-reportagem é peça fundamental para a compreensão do caso. Mais do que isso: é uma voz potente contra o esquecimento que nega a história“.


Ouça nossas lives e análises no seu agregador de podcast preferido: SpotifyDeezerAmazoniTunesGoogle PodcastsCastbox e Anchor.


 Informações sobre o lançamento:

Data: 05 de fevereiro de 2024 (segunda-feira)
Horário: A partir das 19 horas
Local: Livraria da Travessa – Shopping Leblon
Endereço: Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – Loja 205 A.

Informações bibliográficas:

Título: Longe do Ninho: Uma investigação do incêndio que deu fim ao sonho de dez jovens promessas do Flamengo de se tornarem ídolos no seu pais do futebol
Autora: Daniela Arbex
Editora: Intrínseca
Ano: 2024
Páginas: 372

Sinopse do livro:

Cinco anos após o incêndio no Ninho do Urubu que vitimou dez garotos e continua sem responsabilização, a premiada jornalista Daniela Arbex lança livro emocionante com informações inéditas sobre o que ocorreu naquela madrugada

2019. O mesmo ano que entraria para a história do Flamengo como um dos mais gloriosos — o time principal foi campeão do Campeonato Carioca, do Brasileirão e da Taça Libertadores da América — foi também o mais triste de todos. Em 8 de fevereiro, uma tragédia sem precedentes no Ninho do Urubu, o centro de treinamento do clube, fez toda a nação amanhecer de luto. Vinte e quatro atletas da base que se reapresentaram ao clube após o fim das férias foram surpreendidos por um grande incêndio enquanto dormiam. As chamas, iniciadas pouco depois das cinco da manhã, alcançaram todos os quartos em menos de dois minutos. Os garotos, que se viram encurralados pelo fogo, lutaram até as últimas forças por suas vidas. A tragédia vitimou dez meninos entre 14 e 16 anos e colocou fim ao sonho de se tornarem ídolos no país do futebol.

Daniela Arbex, premiada jornalista investigativa, se lançou em uma extensa apuração para reconstituir o que de fato aconteceu naquela madrugada. Ao reunir laudos técnicos, trocas de mensagens e e-mails, dados e relatos até então não divulgados, além de entrevistas feitas com todas as famílias dos dez jovens, sobreviventes, profissionais da perícia criminal e do IML, Arbex conseguiu montar um quadro completo e elucidativo da trajetória dos atletas, do caminho das chamas — que atingiram temperatura superior a 600 graus Celsius — e das consequências na vida de pessoas que se viram envolvidas em uma tragédia anunciada. Com estrutura inadequada — apenas uma porta de saída — e materiais que não demonstraram ter propriedades antichama, o contêiner-dormitório do Flamengo transformou-se em armadilha fatal.

Longe do ninho é um relato extremamente forte, humano e sensível sobre a morte de meninos que estavam muito distantes de casa e da proteção de seus pais. A obra reverencia a memória dos que se foram e o esforço dos atletas que sobreviveram. Apesar do trauma e do sofrimento que enfrentaram, eles encontraram no valor da amizade a coragem de que precisavam para seguir rolando a bola por si e pelos irmãos de ideal, aos quais passaram a chamar de “Nossos 10”.

Com informações exclusivas, este livro-reportagem é peça fundamental para a compreensão do caso. Mais do que isso: é uma voz potente contra o esquecimento que nega a história“.

Leia mais:

Sobre a autora:

Nascida em Minas Gerais, Daniela Arbex é autora premiada de seis livros, todos publicados pela Intrínseca. Sua obra de estreia, Holocausto brasileiro (2013), foi reconhecida como Melhor Livro-Reportagem de 2013 pela Associação Paulista de Críticos de Arte e ficou em segundo lugar no Prêmio Jabuti de 2014. Além disso, foi adaptada para documentário pela HBO. Cova 312 (2015), seu segundo livro, venceu o Jabuti de Melhor Livro-Reportagem em 2016 e Todo dia a mesma noite (2018), que narra a história não contada da boate Kiss, ganhou adaptação pela Netflix em 2023. A série dramática alcançou o top 10 mundial na plataforma e foi eleita a melhor do ano. Os dois mundos de Isabel (2020), primeira biografia escrita por Arbex, foi lançada no mesmo ano em que a autora recebeu o prêmio de Melhor Repórter Investigativa do Brasil pelo Troféu Mulher Imprensa. Em Arrastados (2022), vencedor do Prêmio Vladimir Herzog 2023, a autora narra em detalhes os bastidores, as causas e os desdobramentos do rompimento da barragem de Brumadinho, ocorrido em 2019. O livro está em adaptação pela Globoplay. Daniela Arbex conquistou ainda outros 20 prêmios nacionais e internacionais, entre eles três prêmios Esso e o americano Knight International Journalism Award. Foi repórter especial do jornal Tribuna de Minas por 23 anos e atualmente dedica-se à literatura.

Imagens: Divulgação/Editora Instrínseca

Por Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários

Tulio Rodrigues