Zico – A indiferença de um ídolo

Você viu o Zico jogar?  Eu não! Mas tenho certeza que muitos torcedores vão responder que sim. E dizer também de toda genialidade, e importância que o Galo tem para história de sucesso do Flamengo.

Você já viu o Zico envolvido em escandâlos extra-campo? Eu já! O primeiro foi de um problema com impostos na Itália, na época em que esteve jogando na Udinese e o outro foi no ano passado pelo Flamengo. No primeiro caso, ele foi absolvido, não houve qualquer mancha ao caráter do Zico. No segundo, iniciado pelo Capitão Léo, presidente do Conselho Fiscal, ainda não foi provado nada do que foi denunciado contra ele e seu filho, então, para mim  o Zico continua sendo o meu ídolo dentro e fora do campo.

Ler as declarações do Zico em sua entrevista ao Jornal Extra é de matar o coração e sangrar à alma. Tenho plena certeza que o que ocorreu lá dentro do Flamengo, causou mágoas bem profundas no Galinho. Zico é flamengo desde que se entende por gente, foi daquele que além de jogador é torcedor do clube e para hoje dizer que é indiferente ao Flamengo é porque se sente muito ferido com o ocorrido.
O meu sonho é ainda ver o Galo na presidência do Fla, mas no ano passado quando a Patrícia Amorim conseguiu trazê-lo para gerir o futebol, eu já fiquei radiante e esperançoso de tempos melhores. Só lembrando que o Flamengo vinha de diversos problemas extra-campo; caso Bruno, Adriano e Wagner Love. O Zico veio ajudar a apagar essa mancha que havia na imagem do Clube. Não era incomum ver notas de jogadores do Flamengo em páginas policiais.

Foram somente quatro meses que o Zico ficou à frente do departamento de futebol do Flamengo. Trouxe jogadores  como Borja, Val Baiano, David e Diogo. Os dois últimos no último dia da janela de transferências. Zico errou ao contratar esses jogadores? Sim! Mas não vale medir a importância do Zico para o Flamengo, levando em conta o rendimento desses jogadores em campo.

Zico foi acusado junto com seu filho de se beneficiarem da parceria de seu clube, o CFZ e o Flamengo. Hoje, o Galo cogita até processar o Flamengo. Triste! Mas o mais triste é saber que ele pouco se importa com o time, não acompanha, é indiferente! Está magoado e disse que essa foi a maior decepção dentro do futebol. Tudo isso é tão triste quanto saber que nossa diretoria não valoriza nossos ídolos. Andrade e Adílio também sofreram com o descaso.

O Rica Perrone ao falar do assunto em seu blog, colocou muito bem que o futebol é lindo a distância, mas que quando você se aproxima demais dele só encontra decepção. E foi mais longe: falou que se você quiser continuar apaixonado pelo seu clube, é melhor que fique  bem longe dele.

Zico e Flamengo não se separam. Um não vive sem o outro. Talvez seja a maior identificação de um clube com um jogador ou vice-e-versa. No futebol mundial quando se fala em Pelé, logo se lembra de Seleção, Copa de 70, mas quando se fala de Zico, o que vem à cabeça o Flamengo.

Zico ama o Flamengo como ama a sua torcida. Zico é indiferente sim, mas as pessoas que administram o Clube e não ao Flamengo. “Eu só torço mesmo é para a torcida do Flamengo porque vê-la triste é muito ruim.” Zico.

Tulio Rodrigues


Siga-nos no Twitter: @blogserflamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários