Zico diz que os jogadores atuais são pouco atuantes para mudar o futebol

Em uma entrevista sobre futebol ao programa “Esporte Catedral”, Zico falou sobre a atuação dos jogadores em movimentos que buscam lutar pelos direitos dos atletas, profissionais de futebol e torcedores. Além de falar da participação dos jogadores em atividade, Zico ainda colocou os motivos que fizeram com o que o Bom Senso FC não fosse a frente.

– Eu sinto falta do jogador que está em atividade de ter um pouco mais de participação. Eles sempre falam que falta tempo por causa disso, por causa daquilo, mas eu não vejo dos jogadores em atividade, uma participação mais concreta. Quando eu estava em atividade, fui até presidente do sindicato (Zico foi presidente do Sindicato dos Atletas) e sempre arrumava um tempo na semana para estar presente, resolver problemas. Muitas vezes não podia visitar os clubes, mas sempre atento ao que estava acontecendo e conseguimos fazer alguns movimentos como para ter a nossa sede -.

Zico falou ainda sobre o movimento Bom Senso FC e que esperavam mais do movimento do que de fato aconteceu. – Eram jogadores que estavam quase parando e os que foram muito a fundo, tiveram problemas nos clubes. Os que encabeçavam o Bom Senso, acabaram não dando continuidade em seus clubes e foram um pouco marginalizados. Então, quando você está numa Seleção, em atividade plena é quando você tem que participar de movimento. Aí ficam com medo de fazer alguma coisa com você -.

Zico diz que vaidade dos dirigentes prejudicou a Copa União de 87

Veja a segunda parte do programa

Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook e no Youtube.

Comentários