Flavio Godinho é exonerado e vice presidência de futebol continua com Bandeira de Mello

 Em reunião do Conselho Diretor na noite do dia 30, segunda-feira, Flávio Godinho, então vice-presidente de futebol foi exonerado do cargo. Como já informado anteriormente, o presidente Eduardo Bandeira de Mello continua tocando a pasta. Via assessoria, o clube informou que não há previsão para a escolha de um novo nome para assumir o futebol. 

Flávio Godinho foi preso pela Polícia Federal na quinta-feira passada, dia 26. Ele é acusado de ser um dos principais articuladores de um esquema envolvendo desde lavagem de dinheiro à obstrução da Justiça. A ação foi parte da Operação Eficiência, um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. Godinho era o braço direito do empresário Eike Batista também preso nesta segunda-feira.

Confira a nota divulgada pelo Flamengo:

“Em reunião na noite desta segunda-feira, o Conselho Diretor do Clube de Regatas do Flamengo (CODI) confirmou a exoneração de Flávio Godinho do cargo de vice-presidente de Futebol. A pasta está sendo conduzida pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello. Não há prazo para a escolha de um novo VP de Futebol”.

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram:instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube:youtube.com/blogserflamengo

Comentários

1 Comment

  • ENTREVISTA COM AMIR SOMOGGI – “NÃO HÁ MARACANÃ SEM FLAMENGO”. – Blog Ser Flamengo 7 de fevereiro de 2017 at 11:01

    […] Conversei com Amir Somoggi, especialista e consultor em marketing e finanças, colunista do Jornal Lance!, site Lancenet e da Rádio CBN. Você vai poder ver no vídeo Amir Somoggi falando sobre a evolução do marketing e do sócio torcedor do Flamengo, gestão do Maracanã, patrocínios e de como ficou a imagem do clube após a saída de Flávio Godinho, ex vice-presidente de futebol. […]

    Reply

Leave a Comment