Conselheiro e possível candidato a presidente, Francisco Gularte analisa o momento eleitoral

AvYI6xfjcz3Fqcq4GVXoHpZ67Ud1FwND00kEUdbijRm7

Em função de uma reportagem que faz um panorama sobre o posicionamento de Jorge Rodrigues, o Conselheiro e possível candidato a presidente do Flamengo, Francisco Gularte se posiciona e faz uma análise sobre o momento eleitoral.

Lamentável que se pense que o Jorge Rodrigues seja dono de 347 votos. Esse raciocínio é tão errado quanto o que leva o Sr. Cacau Cota pensar que é dono de 400 votos da frente que se chamou “União Rubro Negra”. Reunido em torno de alguns poucos, sob uma premissa errada e, mais ainda, completamente equivocada, o candidato Cacau Cota vai sepultar a esperança da Oposição em quebrar a onda azul.

Esta é e será a derrota de todos, pelas mãos de muito poucos. Eleição não é obsessão. As mãos entrelaçadas do logo da União Rubro Negra, antes, tinha um significado. Hoje, não tem nenhum. E, tanto não tem, que muitos da oposição vão “conversar” com os artífices da Chapa Azul. O resultado desta eleição é conhecido hoje: duas Chapas Azuis e NINGUÉM da oposição terá presença em qualquer conselho. Acabou, o CRF é azul. A menos que apareça uma Chapa com credibilidade e com representatividade. Hoje, falta humildade e, pior, entendimento de que uma candidatura não vem por cima das pessoas, não se faz porque se quer, não tem mérito porque saiu na frente e, muito menos, se impõe sem qualquer conteúdo, baseado numa slogan Facebook de ser: “tamô junto”!

Lamento que falte olhar crítico e que sobre miopia aos que estão ajudando nesta missão de entrega do CRF ao grupo Azul. Parabéns ao Lysias que, pelo menos desta vez, se desnudou antes do pleito efetivamente começar. Desta vez não teremos que aturar uma opera bufa de final conhecido tendo que assisti-la por três longos meses.

Existe uma filosofia africana que acho que esta candidatura desconhece, e que se chama UBUNTU. Pensem nisso antes de correr na frente de seus pares no caminho de seguir massageando o ego e masturbando a vaidade , porque isso vai nos custar O FLAMENGO. A esta atitude se chama de IDIOTA, que ao contrário do que muitos pensam, tem outro significado: aquele que olha apenas para seu próprio umbigo.

Caminhar junto, fazer um FLAMENGO de todos não pode ser um projeto de um, ou de poucos. A verdadeira oposição não vai se juntar a qualquer candidatura, a prova disso está nesta reportagem que, ao contrário do que quer fazer parecer, torna claro que NÃO É o candidato Cacau Cota o representante das correntes de oposição ao Grupo Chapa Azul. Muito menos aquele que vai resgatar o FLAMENGO deste pessoal. Pelo contrário, esta candidatura vai colocar o FLAMENGO nas mãos desse pessoal e, agora, para sempre. Pratiquem a filosofia UBUNTU. Lembrem-se que UNIÃO não é um mero grupeto de alguns, uma palavra bonita, de grande apelo, porque isso só não basta. Tambor também faz barulho mas é VAZIO por dentro. Lembrem-se de que, para ganhar, é preciso fazer um FLAMENGO DE TODOS e PARA TODOS, inclusive para os que que foram Chapa Azul. Pensem nisso, reflitam, ainda há tempo”.

SRN

Fracisco Gularte

Assista a todas as entrevistas sobre a Eleição do Flamengo 2015:

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo
Blog Ser Flamengo no YouTube: youtube.com/blogserflamengo

Comentários

2 Comments

  • Afonso Arinos 16 de setembro de 2015 at 18:09

    Tulio. ha uma contradição neste artigo. O titulo se refere ao Jorge e o artigo ao Cacau. É sempre bom lembrar que no Flamengo tem um monte de donos da verdade. Lamento que essas opiniões sirvam apenas para desunir mais ainda a já cambaleante oposição onde todos gritam e ninguem tem razão. Todos correm atras do Jorge não pela sua capacidade que eu acredito que tenha e sim pelo dinheiro que vai alimentar a campanha. Grande Abraço.
    Afonso Arinos.

    Reply
  • EXCLUSIVO: Francisco Gularte fala sobre sua candidatura | Blog Ser Flamengo 18 de setembro de 2015 at 15:36

    […] Conselheiro e possível candidato a presidente, Francisco Gularte analisa o momento eleitoral […]

    Reply

Leave a Comment