Quadro eleitoral da eleição para presidente do Flamengo

A corrida eleitoral do Flamengo já começou e a cada dia que passa, o desenho do quadro eleitoral do Clube vem criando formas. No dia primeiro de outubro, data limite para inscrição das chapas, nada menos que oito candidatos se apresentaram para concorrer ao pleito: Lysias Itapicurú, Ronaldo Gomlevsky, Wallin Vasconcelos, Jorge Rodrigues, Mauricio Rodrigues, Marcos Braz, Patrícia Amorim e José Carlos Peruano.

O destino já foi pregando uma peça. Quando todos achavam que a chapa “Fla Campeão do Mundo” encabeçada por Wallin Vasconcelos sofreria dificuldades para ser aceita pela Comissão Eleitoral por causa da elegibilidade do mesmo, eis que a chapa a sofrer negativa de inscrição foi à chapa “Arquibancada Rubro-Negra” encabeçada por José Carlos Peruano. O candidato não apresentou a certidão negativa necessária. Aí ficaram somente sete candidatos.

Em minha opinião, ficando os sete candidatos, Patrícia Amorim tem enorme chance de se reeleger presidente para o próximo triênio (2013-2015). Um numero grande de candidatos pode dividir os votos, o que aumenta as chances de Patrícia já que o numero de sócios com direito a voto é irrisório (5.990) e os que costumam comparecer para o voto, então, gira em torno de 2.500 a 3.000 sócios.

Patrícia e seus aliados comemoram o numero grande de candidatos. Chegou-se a ser negociadas alianças entre os candidatos que se opõem a atual mandatária. Segundo li em blogs e em outros portais, havia um acordo entre Wallin Vasconcelos, Ronaldo Gomlevsky e Jorge Rodrigues de que o candidato que estivesse na frente nas pesquisas, teria o apoio dos outros dois com a retirada de suas chapas do pleito. Ronaldo Gomlevsky já deixou bem claro que não retirará a sua candidatura e que irá até o fim. O mesmo ocorreu com Lysias Itapicurú. Seu nome foi cogitado numa possível fusão com a chapa de Wallin Vasconcelos, mas o mesmo rechaçou qualquer possibilidade de no momento isto ocorrer.

Acredito para que houvesse uma briga com chances de derrota de Patrícia na urna Rubro-Negra, mais duas chapas concorrendo com ela é o numero ideal. Candidatos como Marcos Braz e Jorge Rodrigues, por exemplo, podem decidir a eleição a favor de Patrícia.

Lysias e Wallin são os candidatos mais atuantes em conquistar os votos dos sócios. Estão a toda semana na Gávea com seus comitês, panfletando e distribuindo camisas aos simpatizantes. Ronaldo Gomlevsky faz uma campanha mais discreta presencialmente, porém, a Gávea está com seus banners espalhados por todo lado assim como Lysias Itapicurú também colocou os seus.

Cada candidato tem suas qualidades. Simpatizo-me com dois candidatos pelas suas propostas e pela proximidade a que venho tendo até por estar com certa frequência na Gávea e conhecer seus “cabos eleitorais”. Dos nomes que hoje concorrem a presidência, só Patrícia tem a experiência de sentar na cadeira mais importante da Gávea. Alguns dos outros candidatos até já participaram com cargos dentro do Clube, mas nunca foram presidentes. Quadro bem diferente dos outros anos.

Fato é que pode haver desistências e até alianças. Muita água ainda vai rolar por debaixo dessa ponte e surpresas não são descartadas ao longo do caminho. A corrida foi dada. Que cada sócio com direito a voto, vote pensando em como ele quer ver o Flamengo em 2015. Podemos vislumbrar lindos anos de glórias no futuro, mas também a continuidade da mesmice pútrida que nos assola hoje e amargura os nossos corações Rubro-Negros.

Conheça os candidatos:

RONALDO GOMLEVSKY

Chapa Branca – Planeta Fla
Vice: Joaquim Vaz de Carvalho

Há 50 anos é sócio do Flamengo. Ocupou os cargos de membro do Conselho de Administração; membro nato do Conselho Deliberativo; presidente de comissões de sindicância; vice-presidente de Secretaria; vice-presidente de Contencioso; vice-presidente jurídico e vice-presidente de esportes olímpicos. Em 1988 foi eleito vereador pelo PL.

MARCOS BRAZ

Chapa Roxa – Força da Nação
Vice: Frederico Flecha

É sócio benemérito do Flamengo. Formado em administração de empresas e mercado de capitais, é empresário do ramo de telecomunicações. Foi diretor de futebol pela primeira vez em 2006. Exerceu a função também sendo campeão carioca em 2007 e 2008. Em 2009, foi vice-presidente de futebol e campeão brasileiro após 17 anos. Recentemente, foi convidado para voltar ao cargo, mas, por conta do compromisso na campanha para vereador, recusou.

LYSIAS ITAPICURU

Chapa Verde – Flamengo Nova Geração
Vice: Fausto Alvim Guerra

É sócio emérito do Flamengo, membro nato do Conselho Deliberativo do clube, ex-atleta de natação do Flamengo. Presidente do IBCE (Instituto Brasileiro de Ciências Empresariais), presidente do Grupo Dantas Itapicurú, sócio da MOX GO Tecnologia & Interatividade. Mestre em Ciências Jurídicas e Empresariais, bacharel em relações internacionais e conselheiro do Sistema Firjan.

WALLIM VASCONCELLOS

Chapa Azul – Flamengo Campeão do Mundo
Vice: Luiz Rodolfo Landim Machado

Filiado ao Rubro-Negro desde 1975, é economista pós-graduado em finanças pela PUC-RJ, sócio-diretor da Iposeira Capital, e fundou a STK Capital. É membro do conselho administrativo da Pilgrims Price Corporation e da Santos-Brasil S.A. Membro do conselho administrativo da Vale do Rio Doce e consultor sênior do IFC World Bank (2003 a 2008). Diretor executivo do BNDES e BNDESPAR (1998 a 2002)

MAURÍCIO RODRIGUES

Chapa Laranja – Orgulho de ser Rubro-Negro
Vice: Francisco Gulart

Esteve na chapa de Pedro Ferrer na última eleição para presidente. É filho do ex-presidente do Flamengo Helio Mauricio. Tem como principal estratégia conseguir os votos de pessoas que estão afastadas da política do Fla há tempos.

PATRICIA AMORIM

Chapa Amarelo Ouro – Tua Glória é Lutar!
Vice: Paulo Cezar da Costa Mattos Ribeiro

Foi eleita em 2009, vencendo Delair Dumbrosck e sendo a primeira mulher eleita para ser a presidente do Flamengo. Durante o mandato, viu o nome do clube em diversas polêmicas, como a prisão do goleiro Bruno e a conturbada saída de Ronaldinho da Gávea. Tenta a reeleição neste ano para o triênio 2013-2015.

JORGE RODRIGUES

Chapa Rosa – Fla Único
Vice: Sérgio Roberto Veiga Brito

É um nome antigo na política do Flamengo. Já esteve em algumas gestões, algumas vezes com cargos, outras apenas como um colaborador. Na gestão de Patricia Amorim teve participações importantes como na escolha de um patrocinador. Foi ele quem apresentou a proposta da Triunfo Logística, que estampa a marca no ombro da camisa. Em outra oportunidade, foi chefe de delegação e teve o papel de tentar reaproximar os jogadores da diretoria rubro-negra da época.

Fonte de pesquisa: Jornal Lance!

Twitter: @PoetaTulio
Sigam-nos no Twitter: @Blogserflamengo
Curta a nossa fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários