Em prol de um discurso adequado!

São exatamente uma da manhã. Uma hora após a fatídica partida do Flamengo contra o Náutico. Derrota para o então pior time do Campeonato. Há momentos em que é melhor deixar a emoção dar lugar a razão. Até porque, já temos quem diga coisas que estão um tanto fora da racionalidade.
Não sei se vale a pena falar do jogo. Todo o departamento de futebol é culpado. O time não empolga, não demonstra raça e continua com os mesmos costumes e trejeitos característicos do ano passado, tão criticado e amplamente discutido por todos nós.
Onde e em quem essa conta vai estourar? Em nós, torcedores? Ao que me parece, mais uma vez, seremos os responsáveis pela busca da luz no fim do túnel. Não falo de se tornar Sócio Torcedor, mas, daquele apoio que sempre sobra pra nós na arquibancada em momentos críticos, que só os mais tarados saem de suas casas – faça chuva ou sol – para o apoio inconteste!
E por falar em Sócio Torcedor, o que foi aquilo no placar eletrônico no Orlando Scarpelli? “Tem gente que só reclama, reclama, e… na hora de ajudar, cadê?”, “Vai esperar mais quanto tempo?”, “O Mengão está se recuperando, mas todo mundo precisa fazer sua parte”, “Não pode só torcer. Tem que fazer alguma coisa”, “Você pagaria quanto para ver outro gol como o de Nunes em 1981?” Sejamos sinceros! Isso é marketing? Pra mim soa como desrespeito com a torcida. Parece que o que estão fazendo é dividir a nossa torcida em dois grandes grupos: Os Sócios Torcedores e o Resto. Para encerrar o assunto, acho que isso não é bom para o Clube. Enquanto o discurso for esse, nem me passa pela cabeça me associar ao programa e falem o que quiser, pois sou sócio do Clube e desembolso “duzentinho” todo mês.
Para torcer pelo Flamengo nunca foi preciso credencial, carteirinha, comprovante de pagamento ou diploma, você é quando assim se declara, e Flamengômetro só no FlamengoNet. E lá, nem é para medir quem é mais ou menos Flamengo. Tá todo mundo no mesmo barco!
Deixo claro que ainda acredito num bom trabalho por parte da diretoria, torço por isso e, quando merecerem, aplaudirei com o maior prazer do mundo. Até mesmo o Jorginho se acertar a equipe e passar a vencer! Não tenho vergonha de ser a metamorfose ambulante e mudar de opinião! Há acertos, há erros! Cobramos sim, sabemos que a competência de quem está na diretoria pode ser muito melhor aproveitada no Flamengo.
Hoje, talvez, nos foi mostrado em quais setores estão errando neste inicio de gestão. Então, admitam as falhas, não pra mim, mas para si próprios e promovam mudanças necessárias, profissionais, e que eticamente estejam de acordo com o discurso que começou a ser propagado no dia 28 de agosto de 2012, no Cinema Leblon.
E o placar eletrônico não nos favoreceu nem antes, durante e depois do jogo!

Twitter: @PoetaTulio

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo

Comentários