Homenagem a Silva Batuta

Silva Batuta é natural de São Paulo e iniciou a sua carreira nas categorias de base do São Paulo. Mesmo tendo passado por diversos Clubes do futebol brasileiro e mundial, o atacante carrega até hoje uma grande identificação com o Flamengo.

Silva teve duas passagens pelo Flamengo. A primeira em 1965 e 1966 quando foi o artilheiro das duas temporadas e campeão carioca logo no primeiro ano com o Manto Sagrado. Em seguida rumou para o Barcelona da Espanha e após jogar pelo Santos em 1967, retornou ao Flamengo em 1968 quando novamente foi o artilheiro da temporada e ficou até 1969 quando se transferiu para o Racing da Argentina onde é considerado como um dos maiores ídolos. Silva ainda passou por diversos Clubes até encerrar a carreira em 1975 pelo Tiqueres Flores da Venezuela.

  Além do Campeonato Carioca de 1965, Silva conquistou também pelo Flamengo o Torneio Triangular Gilberto Alves (GO), Torneio Quadrangular de Vitória (ES), Torneio Quadrangular do Equador (Equador), Troféu Mohamed V (Marrocos) e o Troféu Restelo (Portugal). Fora 132 jogos e 70 gols com a camisa do Flamengo.

 Silva foi convocado para a Copa do Mundo de 1966 e dividiu o ataque com Pelé.

Depois de ser olheiro do Flamengo quando encerrou a carreira, Silva trabalha até hoje no Clube na parte social.

Por tudo isso que Silva representa não só para o Flamengo, mas para o futebol mundial, o Blog Ser Flamengo representado pelos colunistas Tulio Rodrigues e Gilson Lima, homenagearam o ex-atacante entregando uma placa. Confira a homenagem:

Áudio:

Para fazer o download: Clique aqui

Fotos:

Entrevista feita por Gilson Lima (@GilsonFlaLima) e Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo

Curta a nossa página no Facebook: Blog Ser Flamengo

Sigam-nos no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários