A retirada da Ginastica Olímpica, Natação e Judô

Vamos direto ao assunto, desde a posse da nova gestão Rubro-Negra a mesma tem tomado algumas decisões pouco aclamadas por torcedores e alguns dirigente, pois bem claro que a três anos de uma Olimpíada no Rio não deveria ser extinta essas modalidades históricas e num passado não muito distantes de glórias, mas vamos aos fatos reais… Foi constatado que nadadores nem treinavam na gávea; a piscina por sua vez vazava agua jogando 600 mil reais no ralo, prejuízo grande! Ora, se o nadador é atleta do clube, tem que treinar no clube e vestir a camisa do clube! Outro fato foi o incêndio no ginásio onde treinava a Ginástica Olímpica, já não tínhamos mais estrutura, até aí é de se entender. 
Entender que façamos contas de um clube atolado em dividas de gestões anteriores, que se acumularam. A decisão por um lado é benéfica aos cofres do clube e dá tempo para que reestruturem essas modalidades, por outro lado achei precipitado, poderiam ter se esforçado mais em conseguir patrocínios pontuais e exclusivos para a modalidade, assim separando do futebol que é o carro chefe. É uma faca de dois gumes: por um lado beneficia o clube em termos financeiros, mas por outro lado, perdemos modalidades importantes do clube no qual contávamos com a tradição de sermos o maior celeiro de atletas olímpicos. Creio que a modalidade volte num futuro não muito distante, estamos torcendo para que se reverta essas situações e o clube volte a andar nos trilhos com todas as suas modalidades em ação. 
Grande abraço 
Fernando Peixoto
Twitter: @PeixotoCarioca
Sigam-nos no Twitter: @BlogSerFlamengo
Curta a nossa Fanpage no Facebook: Blog Ser Flamengo
Comentários