Retrospectiva 2013: Saída de Love, #Zico60Anos, estátua de Zico e equilibrio financeiro

A então Chapa Azul havia assumido o Flamengo recentemente e sofria uma cobrança muito grande por contratações para a temporada (É preciso ter calma e confiança). A diretoria fez o contrário do que queria a maioria. Começou refazendo o acordo com o CSKA e devolvendo Vagner Love ao Clube Russo (O preço a pagar pelo profissionalismo). A diretoria conseguiu as tão sonhadas CNDs (Certidão Negativa de Débito) após pagar algo em torno de R$ 80 milhões ao Governo e deixar como garantia o O CT Ninho do Urubu. Entre um dos benefícios alcançados em curto prazo foi o patrocínio fechado com a Caixa Econômica Federal.

Alheio a isso, um grupo de torcedores liderado por Marcello Tijolo, lançavam o movimento Zico 60 Anos (Lançamento do movimento Zico 60 Anos). Visando homenagear o maior ídolo da Nação Rubro-Negra, o movimento foi lançado em evento realizado no Tijuca Tênis Clube (Íntegra do lançamento do movimento Zico 60 Anos) e contou com diversos artistas, atletas e ex-atletas do futebol e do vôlei como Sandra de Sá, Diogo Nogueira, Neguinho da Beija-Flor, o Artilheiro das Decisões Nunes, Nalbert, Bernardinho, Mauricio Mattar, MC Sapão, DJ Marlboro entre outros. Estava lançada a pedra fundamental para a maior jogada de marketing envolvendo o Flamengo até então.

Mais a frente o Clube de forma oficial resolveu apoiar o movimento Zico 60 Anos (Flamengo apoia movimento Zico 60 Anos da torcida). Em evento realizado na Gávea (Lançamento do movimento Zico 60 Anos na Gávea na Gávea) que também contou com grandes personalidades como Pet, Marcius Melhem, Adílio, Uri Geller, Virna, Neto, técnico do Basquete profissional do Flamengo, Carlão, Jayme de Almeida, vice-presidentes da nova gestão e o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Sucesso nas Redes Sociais, o movimento que já tinha camisa e grande divulgação na mídia, ganhou um samba que se tornaria o hino do movimento. Em segredo, o samba composto por Arlindo Cruz, André Diniz, Evandro Bocão e Marcello Tijollo (Bastidores do samba em homenagem a Zico) foi gravado em dois dias, e contou com a interpretação de diversos artistas da grande MPB, atores, atrizes, ex-atletas do vôlei e do futebol. Vale ressaltar que todos são Rubro-Negros: Alcione, Sandra de Sá, Grupo Fundo de Quintal, Dudu Nobre, Xande de Pilares, Leila, Thiago Lacerda, Jorge Aragão, Junior, Marcelo Serrado, Marcelo D2, Frejat, Bochecha, Bruno (Filho de Zico), Léo Jaime entre outros. O samba ainda teve direito a um clipe (Clipe oficial do samba Zico 60 Anos).

Nesse meio tempo a diretoria tomou decisões um tanto quanto polêmicas como o fim da de alguns Esportes Olímpicos como a Ginástica Olímpica profissional do Clube que contou com a dispensa de atletas renomados como Diego Hipólito, Daniele Hipólito e Jade Barbosa. A decisão argumentada nas despesas que a Ginástica Olímpica causava as finanças do Clube dividiu opiniões (A retirada da Ginastica Olímpica, Natação e Judô) de torcedores, sócios e conselheiros do Clube. Outra decisão que também gerou grande discussão foi o aumento dos títulos associativos do Clube (Um preço caro demais). Sem aviso prévio, o Clube passou a cobrar 100% de aumento em algumas modalidades para pagamento parcelado. Para completar, a diretoria cobrou R$ 80 no ingresso para a partida contra o Botafogo pela semifinal da Taça Guanabara (Esse pacote não vale R$ 80,00). Jogo que seria na véspera do aniversário de 60 anos de Zico. O preço era o dobro do que foi cobrado durante quase todo Campeonato Carioca até ali. A decisão gerou protestos, estádio vazio e uma partida decepcionante do Flamengo que perdeu e fez a partir dali uma campanha vexatória no restante do Campeonato Carioca 2013 (Campeonato ridículo).

No dia 02 de março mesmo com o Rio de Janeiro nublado e com chuva, era inaugurado na Gávea à estátua de Zico (A estátua de Zico). Uma grande festa foi feita com a presença do Galinho e sua família. Diversos torcedores compareceram para o momento histórico. O movimento iniciado pela torcida era eternizado ali com a estátua que fica hoje na entrada da sede do Clube recepcionando os visitantes. Zico falou sobre isso em entrevista coletiva com o presidente Eduardo Bandeira de Mello (Entrevista coletiva completa de Zico na inauguração de sua estátua).

Ainda em março, o Clube lançou o seu programa de Sócio Torcedor, o Nação Rubro-Negra (Sobre o sócio torcedor Nação Rubro-Negra). O programa também criou polêmicas por causa de suas poucas vantagens e benefícios. Além da prioridade de compra de ingressos e do desconto, o programa só oferece descontos em produtos comprados em supermercados parceiros do Movimento por um futebol melhor. Contando com a receita do programa, o Marketing deixava a desejar com mensagens grosseiras como “Pare de reclamar e seja sócio torcedor” e “Tem gente que só reclama, reclama e… na hora de ajudar, cadê?” (Em prol de um disrcurso adequado!). Claro, o Clube se desculpou e mudou o discurso. O programa atingiu o pico de 60 mil associados e hoje conta com pouco mais de 58 mil sendo o terceiro maior sócio torcedor do Brasil.

Em abril o Clube divulgou a auditoria financeira que foi feita Ernst & Young. Um rombo de R$ 750 milhões foi encontrado nos caixas do Clube sendo R$ 394,8 milhões em impostos não pagos mais R$ 184 milhões em dividas trabalhistas e R$ 172,9 milhões de despesas futuras em condenações judiciais (A busca pelo equilíbrio financeiro). O Flamengo já conseguiu quitar quase R$ 100 milhões dessa dívida.

Twitter: @PoetaTulio

Blog Ser Flamengo no Twitter: @BlogSerFlamengo
Página do Blog Ser Flamengo no Facebook: Blog Ser Flamengo
Blog Ser Flamengo no Instagram: instagram.com/blogserflamengo

Comentários