5 de julho de 2022

Jovem de 14 anos não aceita acordo e segue com processo por agressão de judoca na Gávea

2 min read

Foto: Divulgação/FJERJ

Ocorreu na tarde dessa terça-feira (14), no Juizado Especial Criminal, a audiência preliminar virtual, entre Daniel Nazaré, judoca do sub-21 do Flamengo, e o atleta da base, de 14 anos, que acusa o companheiro de clube de lesão corporal. Não houve acordo entre as partes, pois a vítima deseja seguir com o processo, que volta ao Ministério Público do Rio de Janeiro.


Ouça nossas entrevistas e análises no seu agregador de podcast preferido: SpotifyDeezerAmazoniTunesGoogle PodcastsCastbox e Anchor.


Seguindo a proposta de transação penal, o Ministério Público pode apresentar uma pena alternativa a Daniel Nazaré, como serviço comunitário ou entrega de cestas básicas. Caso aceite o cumprimento da pena antecipada, o processo pode ser arquivado. O MPRJ tem ainda a prerrogativa de não apresentar a medida e seguir com os trâmites legais, com produção de provas até a sentença.

A tentativa de acordo partiu de Daniel Nazaré, que estava desacompanhado de um advogado. Ele ainda chegou a perguntar como fazer para conseguir ter acesso a um defensor público. Já o menor, teve a companhia do seu pai e estava sendo assistido por um representante legal.

LEIA MAIS:

Matéria publicada inicialmente no Coluna do Fla

Foto: Divulgação/FJERJ

Por Tulio Rodrigues (@PoetaTulio)

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Dailymotion

Comentários
Ser Flamengo - 2022 I Todos os direitos reservados | Newsphere by AF themes.